22:11 04 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 45
    Nos siga no

    Piratas perpetraram dois ataques contra navios na Guiné Equatorial, três russos foram sequestrados, outros dois estão no hospital, informou neste domingo (10) a embaixada da Rússia nos Camarões.

    O navio Djibloho foi atacado por piratas na cidade portuária de Luba. Ao mesmo tempo, houve uma ofensiva separada contra outro navio, o Rio Mitong, em Malabo, onde pelo menos duas pessoas ficaram feridas e um cidadão russo também foi sequestrado como resultado do incidente, informaram diplomatas russos.

    "Na noite de 8 para 9 de maio, o navio Rio Mitong, que estava atracado no porto de Malabo, foi atacado por criminosos. Como resultado, os piratas raptaram um cidadão russo, dois outros russos ficaram feridos e estão sendo tratados no hospital de La Paz. Ao mesmo tempo, no porto de Luba, a 40 km da capital, os piratas atacaram o navio Djibloho e raptaram dois russos que estavam a bordo", segundo uma publicação na página oficial da missão diplomática no Facebook.

    Até o momento, não foi estabelecido contato com os criminosos, acrescentaram as autoridades.

    Pirata no mar da Somália (imagem de arquivo)
    © AFP 2020 / Mohamed Dahir
    Pirata no mar da Somália (imagem de arquivo)

    A declaração vem depois que o site Dryad Global, que monitoriza a segurança marítima, relatou atividade pirata na área no início deste domingo (10).

    "Acredita-se que os autores usaram escadas para fazer a abordagem ao navio, resultando no sequestro de dois tripulantes que se acredita serem um russo e um ucraniano", afirmou o Dryad Global sobre ataque ao navio Rio Mitong.

    De acordo com o site Marinetraffic, o Rio Mitong navega sob a bandeira de Comores.

    A África Ocidental é considerada uma região de alto risco para o transporte marítimo devido a ataques regulares de piratas. Em 2019, incidentes semelhantes ocorreram nas zonas costeiras do Benin, Togo e Nigéria.

    Mais:

    Piratas capturam navio mercante com 3 cidadãos russos a bordo perto de Camarões
    'Ato de pirataria': Rússia critica apreensão de petroleiro e faz alerta para Ucrânia
    6 russos são capturados por piratas na costa da África Ocidental
    Tags:
    navios, piratas, russos, Guiné Equatorial, embaixada russa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar