07:00 01 Março 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    7569
    Nos siga no

    Na manhã desta sexta-feira (15), o Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês) deu início à primeira fase dos exercícios Grande Profeta 15.

    No âmbito dos exercícios, realizados no deserto central do Irã, foram lançados mísseis balísticos superfície-superfície de nova geração e colocados em ação drones ofensivos usados em ataques mistos contra bases inimigas.

    As manobras contaram com a presença do major-general Hossein Salami, comandante do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, brigadeiro-general Amir Ali Hajizadeh, comandante da Força Aeroespacial do IRGC, e vários altos comandantes das Forças Armadas do país, escreve agência Fars.

    Após o ataque de drones ofensivos da Força Aeroespacial do IRGC contra o escudo de proteção antimísseis, que destruiu completamente os alvos do inimigo hipotético, foram lançados em massa mísseis balísticos de nova geração contra "bases do adversário".

    Os mísseis usados eram veículos de reentrada múltipla (MRV) com capacidade de interferência eletrônica que conseguem penetrar as defesas antimísseis do inimigo.

    Segundo a mídia local, os mísseis foram lançados do deserto central de Dasht-e Kavir e atingiram alvos no oceano Índico a 1.800 km de distância.

    As manobras militares ocorreram um dia depois de um submarino iraniano ter lançado mísseis de cruzeiro no golfo de Omã.

    Mais:

    Cientistas do Irã pedem que IRGC abata aviões e navios de guerra dos EUA invasores
    Marinha do Irã adquire 2 navios de guerra de fabricação nacional em meio a tensões com EUA (VÍDEO)
    Israel prepara plano para atacar programa nuclear do Irã, diz jornal
    Tags:
    Oriente Médio, Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, exercícios militares, defesa antiaérea, drones, mísseis balísticos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar