21:51 16 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1294
    Nos siga no

    Os mísseis lançados por submarinos da Coreia do Norte apresentados em desfile militar podem ser capazes de atingir as bases dos EUA no Japão e na Coreia do Sul, afirmou o especialista militar Viktor Murakhovsky.

    "Apesar de não serem intercontinentais, estes mísseis elevam a estabilidade do complexo de mísseis e armas nucleares da Coreia do Norte por sua furtividade, além de poderem alcançar as bases norte-americanas no Japão e Coreia do Sul", afirmou à Sputnik Murakhovsky.

    O especialista observou que os submarinos a diesel de Pyongyang limitam o alcance de operação destes mísseis.

    "Não faz sentido para Pyongyang pensar em uma guerra, embora conte com a expansão da frota de aviões. A Coreia do Norte quer evitar ser exterminada e busca avançar com suas próprias forças", ressaltou.

    Quanto ao programa de mísseis da Coreia do Norte, Murakhovsky destacou avanços alcançados nos últimos anos passando de projéteis táticos de curto alcance a mísseis intercontinentais, incluindo ogiva nuclear.

    Segundo o especialista, o país asiático planeja o desenvolvimento de mísseis balísticos intercontinentais com um alcance de 15 mil quilômetros.

    "Os êxitos da Coreia do Norte são colossais [...]. Levando em consideração que a Coreia do Norte possui com certeza cargas nucleares, de fato, isso constitui não apenas uma ameaça balística, mas uma ameaça nuclear para a Coreia do Sul, Japão e as bases militares norte-americanas na região. Porém, com o projeto de novos mísseis balísticos, a ameaça continua sendo ao território continental dos EUA", alertou.

    De acordo com Murakhovsky, a recusa de os EUA e aliados em atacar a Coreia do Norte no período de tensões elevadas em suas relações demonstra que Seul, Tóquio e Washington consideram os sinais de poder de Pyongyang.

    As opiniões expressas nesta matéria podem não necessariamente coincidir com as da redação da Sputnik

    Mais:

    Misteriosa usina na Coreia do Norte estaria fabricando componentes nucleares, revela portal (FOTO)
    Coreia do Norte pode enfrentar em breve maior crise desde a fome devastadora de 1990, diz analista
    Coreia do Norte executa capitão de barco por ouvir 'estação de rádio proibida', revela mídia
    Tags:
    mísseis balísticos, sistema de mísseis, mísseis guiados, mísseis, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar