02:13 26 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1312
    Nos siga no

    Dois bombardeiros B-1B da Força Aérea dos EUA foram interceptados e acompanhados por dois caças russos, um MiG-31 e um Su-35, sobre as águas neutras do mar de Bering.

    A informação foi passada pelo Centro Nacional de Controle de Defesa (NTsUO, na sigla em russo), órgão que pertence ao Ministério da Defesa da Rússia.

    De acordo com o informe, os radares russos detectaram nesta quarta-feira (21) duas aeronaves se aproximando das fronteiras da Rússia sobre as águas neutras do mar de Bering.

    "Para o reconhecimento das aeronaves e impedimento da violação da fronteira da Rússia, levantaram voo um interceptador MiG-31 e um caça Su-35 da formação de plantão da defesa antiaérea do Distrito Militar Oriental russo", anunciou o NTsUO.

    Durante a ação de interceptação, os pilotos russos identificaram as aeronaves como dois bombardeiros estratégicos B-1B pertencentes à Força Aérea dos EUA, em seguida os acompanhando.

    Durante o voo das aeronaves americanas, não foi violada a fronteira da Rússia.

    Após os bombardeiros se afastarem da fronteira russa, os caças russos voltaram para sua base.

    "Os voos dos caças russos foram executados rigidamente de acordo com as regras internacionais sobre o uso do espaço aéreo", acrescentou o NTsUO.

    Mais:

    Bombardeiro B-1B faz pouso de emergência após pane elétrica em voo (FOTOS)
    Queda de Su-30 russo: caça foi abatido por Su-35 durante treino, diz mídia
    Bombardeiro chinês H-6N é flagrado transportando misterioso míssil balístico (FOTO, VÍDEO)
    Tags:
    interceptação, EUA, Rússia, MiG-31, Su-35, bombardeiros, B-1B
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar