06:03 25 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 80
    Nos siga no

    Um caça russo MiG-31 levantou voo para interceptar dois aviões militares norte-americanos que sobrevoavam o mar de Bering, próximo das fronteiras da Rússia.

    As aeronaves americanas foram detectadas pelos meios de controle aéreo da Rússia voando sobre as águas neutras do mar de Bering hoje (17).

    Para identificação das aeronaves e evitar a violação das fronteiras nacionais da Rússia, foi acionado um caça MiG-31 da Frota do Pacífico.

    Após identificar os aviões como sendo dois bombardeiros B-1B dos EUA, o caça russo escoltou as aeronaves até estas se afastarem das fronteiras da Rússia. Após, isso, o MiG-31 voltou para a sua base.

    Durante o voo, os B-1B não violaram os limites do território russo.

    Aumento das operações

    Recentemente tem sido observado um aumento das atividades de veículos militares da OTAN em áreas próximas das fronteiras da Rússia.

    Em particular, aeronaves de inteligência, drones e bombardeiros estratégicos são frequentemente detectados e interceptados por caças russos na região do Pacífico e nos mares Negro, Báltico e de Barents.

    Mais:

    Bombardeiros russos Tu-22M3 são escoltados por caças estrangeiros no mar Negro (VÍDEO)
    Novo submarino do Irã teria participado pela 1ª vez de exercício militar (VÍDEO)
    Novo míssil brasileiro é 'espetacular' e capaz de destruir infraestrutura inimiga, diz especialista
    Tags:
    EUA, Rússia, B-1B, bombardeiros, MiG-31, interceptação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar