15:27 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4933
    Nos siga no

    A presença da Marinha da Rússia no Mediterrâneo levou Washington a querer observar os movimentos da frota russa, mas acabou perdendo de vista um dos submarinos, cuja busca já dura dois dias.

    Militares dos EUA há dois dias que não conseguem encontrar um submarino russo a sul do Chipre, escreve o portal avia.pro.

    Segundo a publicação, após exercícios em larga escala dos militares russos na costa da Síria, pelo menos um submarino com mísseis de cruzeiro saiu da vista das Forças Armadas norte-americanas.

    Os Estados Unidos enviaram um helicóptero militar e um avião antissubmarino para ajudar nas buscas, dizendo que estão pesquisando uma pequena área do mar Mediterrâneo ao sul do Chipre.

    O portal diz que Washington possui dados sobre a presença de um submarino russo na área, mas não pode fazer muito, pois a presença da frota russa na região é legal.

    Recentemente, a OTAN enviou navios ao Mediterrâneo Oriental, algo que seria atrapalhado pela presença de um submarino russo com mísseis de cruzeiro, tendo em conta o aparente resfriamento das relações entre os dois lados, indica a mídia.

    Mais:

    Mídia norte-americana revela destróieres russos que causam temor nos submarinos dos EUA
    Marinha dos EUA tenta se preparar para uma Rússia mais fortalecida no Atlântico
    'EUA não devem ameaçar submarinos russos com mísseis balísticos', diz veterano da Marinha dos EUA
    Tags:
    Marinha da Rússia, Forças Armadas dos EUA, Forças Armadas, Síria, Chipre, Mediterrâneo Oriental, Mediterrâneo, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar