04:11 20 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3801
    Nos siga no

    Uma resposta eficaz à modernização das forças nucleares dos Estados Unidos poderia ser a criação do sistema ferroviário de mísseis Barguzin, aponta jornal russo.

    O artigo nota que este tipo de armamento não é novo, já que na União Soviética era usado o sistema ferroviário de mísseis Molodets. Porém, o sistema foi retirado do serviço devido à assinatura do tratado START II (Tratado de Redução de Armas Estratégicas).

    Barguzin tem vantagens substancias em comparação não só com o seu análogo soviético, mas também com outros sistemas de dissuasão nuclear.

    Ao contrário dos sistemas móveis rodoviários de mísseis balísticos intercontinentais Yars, cujas rotas são conhecidas previamente ou podem ser localizadas, o Barguzin não é identificável, tanto para meios de inteligência terrestres como espaciais.
    Sistema de mísseis RT-23 Molodets
    Sistema de mísseis RT-23 Molodets

    O sistema é disfarçado de trem técnico comum. Os mísseis usados por ele são muito mais leves em comparação com aqueles que eram usados no modelo anterior soviético. Isso torna possível que o Barguzin seja puxado por apenas uma locomotiva, ao contrário das três unidades usadas no sistema Molodets.

    O novo sistema ferroviário de mísseis começou a ser desenvolvido em 2012, mas em março de 2018 o projeto foi interrompido. De acordo com o jornal russo, o Instituto de Tecnologia Térmica de Moscou pode recomeçar seu desenvolvimento.

    Mais:

    Do R-7 ao Yars: confira como se tornaram mais leves os mísseis balísticos
    EUA precisam modernizar sua força nuclear em resposta à China, diz secretário de Defesa
    Rússia precisa mesmo de 'trem nuclear'? Especialista pondera
    Tags:
    ferrovias, EUA, míssil nuclear, armas nucleares, Rússia, Barguzin, sistemas de mísseis
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar