14:19 03 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    111020
    Nos siga no

    Extremamente manobrável e equipado com ajudante eletrônica por voz, o mais novo caça multifuncional russo, além de ser moderno, é muito fácil de pilotar.

    Não é novidade que os caças russos fazem sucesso no mundo e por inúmeras vezes já provaram sua eficiência em combate. Contudo, durante seus voos de teste, o mais novo caça MiG-35 surpreendeu o piloto de provas russo Dmitry Selivanov.

    Falando com a Sputnik, o aviador demonstrou que a cada voo de teste fica uma vontade de voar mais, o que não é possível devido ao grande volume de tarefas que a aeronave é submetida durante as provas.

    "Confesso que por vezes dá vontade de sair do padrão permitido e voar mais [no MiG-35] porque ele é muito manobrável e espetacular", declarou.

    Ainda segundo Selivanov, durante os voos as capacidades máximas do caça são testadas, sendo o turbo dos motores frequentemente acionado.

    Aeronave prática e confortável

    Além do seu alto nível tecnológico, o MiG-35 é uma aeronave de fácil pilotagem.

    "O avião te ajuda todo o tempo, e sua interface amiga sempre te indica o que fazer em cada situação [...] Pode-se entender como funciona o MiG-35 pela intuição. Todo o avião moderno, em particular o MiG-35, é como um gadget com muitas funções, mas você pode as compreender sem ler as instruções", explicou.

    Durante os testes, a presença dos engenheiros é indispensável, visto que todos os sistemas da aeronave são analisados.

    "As missões de voo estabelecem tudo o que você precisa verificar, seja a navegação, o sistema de controle de armas ou a comunicação via rádio. Acontece ao longo dos voos experimentais ter que encontrar um alvo e o destruir, ou o contrário, se esconder de alguém. Existem muitos tipos diferentes de voo. Para os aviadores esse é um dos tipos mais interessantes de trabalho", acrescentou.

    Ajudante eletrônica

    Como um smartphone, o MiG-35 possui uma ajudante eletrônica de voz feminina que auxilia o piloto durante o voo.

    "Nós a chamamos de Rita. A garota fala com uma voz agradável e calma, mesmo se o motor está em chamas. Ela não fala o tempo todo, mas auxilia somente quando o avião alcança seus limites. Durante o modo de combate ela também auxilia", acrescentou.

    Munido de motores com maior impulso, a aeronave pode ser reabastecida durante o voo, bem como servir de avião-tanque para reabastecer outros.

    Seus modernos sistemas em conjugação com suas armas de grande precisão tornam a aeronave multifuncional. Para tanto, o caça pode ser usado em:

    • luta por superioridade aérea em combate com caças de quarta e quinta gerações.
    • interceptação de meios aéreos de combate.
    • ataque com armas de alta precisão contra alvos na superfície do solo e do mar sem entrar na zona de sistemas de defesa antiaérea, podendo voar de dia ou de noite e sob quaisquer condições climáticas.
    • ponto de comando de grupos de aeronaves.
    • missões de reconhecimento e inteligência.

    Tendo uma tripulação de uma ou duas pessoas, sua velocidade máxima é de 2.100 km/h e pode atingir os 16.000 metros.

    O MiG-35 também pode ser armado com mísseis ar-ar, de curto, médio e grande alcance, bombas com trajetória corrigida em voo, mísseis de cruzeiro, e um canhão de 30 mm.

    Mais:

    'Não podem nos assustar': Egito mantém compra dos caças russos Su-35 e adverte EUA
    Saiba por que novíssimo caça russo Su-57 é único no mundo
    Caça MiG-29MU2 dispara mísseis guiados contra alvos terrestres em exercícios na Ucrânia (VÍDEO)
    Tags:
    Rússia, aviação militar, tecnologia militar, mig-35, caça
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar