03:17 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2719
    Nos siga no

    Os testes foram realizados em condições reais utilizando o caça-bombardeiro F-15E e um modelo de bomba tática nuclear de queda livre B61-12, que foi lançada sem ogiva.

    O projeto da moderna bomba nuclear B61-12 foi testado com êxito no caça F-15E Strike Eagle da Força Aérea dos EUA, informou o Laboratório Nacional de Sandia (SNL, na sigla em inglês).

    Anteriormente, tinham sido realizados dois testes em um campo militar próximo de Las Vegas, Nevada, que alcançaram o alvo previsto. No primeiro teste, a bomba foi lançada de uma altitude de 300 metros e quase à velocidade do som, enquanto a outra foi lançada a partir de aproximadamente 7.600 metros.

    "Pudemos testar a B61-12 em todas as fases operacionais, e temos uma confiança extremamente alta de que a bomba seja compatível com o F-15E Strike Eagle", assegurou Steven Samuels, gerente do programa.

    "Os resultados falam por si mesmos: os testes cumpriram com todos os requisitos, tanto em rendimento, quanto em segurança", adicionou.

    A demonstração foi conduzida em condições reais utilizando um caça bombardeiro F-15E e um modelo de bomba tática nuclear de queda livre, que foi lançada sem carga atômica.

    O programa B61-12 substituirá as versões de bomba nuclear B61-3, -4, -7 e -10 com um novo projeto de ogiva.

    A ogiva está sendo desenvolvida e produzida pela Administração Nacional de Segurança Nuclear (NNSA, na sigla em inglês), agência que faz parte do Departamento de Energia, informa o portal Defense News.

    Segundo previsões da NNSA, espera-se que a primeira unidade esteja concluída em 2022 após vários atrasos, enquanto o custo do programa está entre US$ 8 e 9 bilhões (R$ 39 e 44 bilhões).

    "Uma vez entregue, esta capacidade sustentará a dissuasão do nosso país e fortalecerá as nossas parcerias com a OTAN", ressaltou o general Ty Neuman, administrador adjunto principal da NNSA para a execução do programa.

    Mais:

    Caças russos interceptam bombardeiros dos EUA nos mares Báltico e Negro obrigando-os a voltar atrás
    'Devíamos fazer tudo nos EUA', afirma Trump sobre caça F-35
    Esquadrilha de caças F/A-18 Hornet sobrevoa porta-aviões dos EUA no Atlântico (VÍDEOS)
    Tags:
    EUA, Força Aérea, bomba nuclear, avião de assalto, avião de combate, avião de ataque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar