17:53 15 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    6913
    Nos siga no

    A Boeing recebeu contratos para a fabricação e fornecimento de 650 mísseis de cruzeiro ar-superfície SLAM-ER e 402 mísseis antinavio Harpoon Block II destinados à Arábia Saudita, segundo comunicado do Pentágono.

    Segundo a informação publicada no site do Departamento de Defesa dos EUA, o contrato para a produção e fornecimento do míssil de ataque ao solo afastado-resposta ampliada (SLAM ER, na sigla em inglês) é estimado em US$ 1,9 bilhão (R$ 11,1 bilhões) e deverá ser executado até dezembro de 2028.

    A entrega de 402 mísseis Harpoon Block II a Riad será realizada no âmbito de outro contrato, cujo valor total é de US$ 656,9 milhões (R$ 3,8 bilhões).

    O contrato também prevê o fornecimento de mísseis antinavio e equipamentos auxiliares para o Brasil (4 unidades), Tailândia (8 unidades) e Qatar (53 unidades).

    Lançamento de teste do míssil Harpoon pela Marinha norte-americana
    © Foto / Marinha dos EUA/Lt. Bryce Hadley
    Lançamento de teste do míssil Harpoon pela Marinha norte-americana

    Além disso, serão entregues equipamentos auxiliares ao Japão, Países Baixos, Índia e República da Coreia. Prevê-se que os contratos sejam executados até dezembro de 2026.

    Mais:

    Revelados detalhes da nova classe de navios totalmente autônomos desenvolvidos pelo Pentágono
    Boeing teria recusado oferta de US$ 85 bilhões do Pentágono
    Fim de acordo 'Boeing-Embraer' é bem-vindo e suporte público será importante, diz economista
    Tags:
    fornecimento, Pentágono, Arábia Saudita, Brasil, míssil, Boeing
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar