21:25 31 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2352
    Nos siga no

    Distrito Militar do Sul da Rússia acaba de receber um lote dos novíssimos obuseiros autopropulsados 2S19M2 Msta-S, capazes de atingir alvos a 29 km com munições precisas e controláveis.

    O equipamento, capaz de realizar até oito disparos por minuto, recebeu um novo sistema automatizado de direcionamento de fogo com maior cadência de tiro.

    Conforme informou o serviço de imprensa do Distrito Militar do Sul, pelo menos duas baterias se juntaram ao 49° Exército.

    "Existe a possibilidade de uso de mapas eletrônicos digitais, o que agiliza significativamente a orientação em locais com condições geográficas adversas, permitindo executar as tarefas com maior eficiência e rapidez", declarou o órgão.

    Munições e armamento

    Atualmente, o obuseiro 2S19M2 pode usar munições Santimetr e Krasnopol-M1, ambas de alta precisão e com alcance aumentado.

    A plataforma também pode disparar iluminadores, munições de guia e também nucleares, assim como projéteis destinados a criar interferência de rádio.

    O obuseiro é ainda equipado com a metralhadora antiaérea Utes de 12,7 mm, com cadência de 800 tiros por minuto e alcance de 2 km.

    A metralhadora fica instalada na torre giratória do comandante. No total, a tripulação é de 5 homens.

    Mais:

    Tanque da 2ª Guerra Mundial é retirado de rio após décadas nas Filipinas (FOTOS)
    Líder norte-coreano acompanha testes de artilharia rodeado por militares com máscaras (FOTOS)
    Terroristas em Aleppo usam tanque T-90 supostamente capturado das forças de Assad (FOTO)
    Tags:
    Exército da Rússia, Rússia, obuseiro, canhão, artilharia, 2S19M2 Msta-S
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar