07:21 27 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2410
    Nos siga no

    Comandante do Exército americano declara estar trabalhando na ampliação do arsenal de material bélico dos EUA na Europa, pretendendo fazer o mesmo no Pacífico.

    A estratégia tem como objetivo facilitar o trabalho das tropas americanas em ambas as regiões em caso de conflito.

    "No momento estou construindo uma rede [de arsenais] que me encarregaram de fazer" para o teatro europeu, declarou o general Gustave Perna, chefe do Comando de Material do Exército americano, citado pelo portal Military.com.

    Além disso, os EUA pretendem aumentar seus Estoques Preposicionados (APS, na sigla em inglês) no Pacífico, o que poderia ser um sinal para os "adversários" de Washington.

    "Já estamos trabalhando em meios de expandir os APS no Pacífico [...] Também estamos posicionando os estoques para que os que nos estão observando saibam que estamos prontos, e que temos armamentos ao redor do mundo. É só uma questão de colocar o material em um avião e o entregar", declarou o militar.

    A medida americana se dá em um momento em que os EUA pretendem aumentar sua presença militar no Pacífico a fim de conter a China e a Rússia.

    Exercícios Defender Europe 2020

    Durante os exercícios militares da OTAN Defender Europe 2020, que devem durar cerca de cinco meses, o Exército americano pretende determinar a necessidade de equipamentos, armas e munições de acordo com a localização de suas forças.

    Mais:

    Cúpula altamente radioativa dos EUA no Pacífico 'preocupa' autoridades do país
    EUA e Austrália vão investir bilhões em bases, frente à presença da China no Pacífico
    Exército dos EUA cria forças-tarefa 'multidomínio' na Europa e Pacífico, relata mídia
    Tags:
    Pacífico, Europa, general, Exército dos EUA, arsenal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar