17:04 23 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Porta-aviões russo Admiral Kuznetsov durante missão

    Como será porta-aviões russo Admiral Kuznetsov depois da reparação?

    © Sputnik/ Sergey Eshenko
    Defesa
    URL curta
    153441294

    No próximo ano, o único porta-aviões russo, Admiral Kuznetsov, irá para reparação programada.

    O maior navio da Marinha da Rússia fará 30 anos em dezembro, é uma idade considerável para um navio grande. Algumas de suas partes e mecanismos demandam serem substituídos.

    O porta-aviões será reparado e modernizado e depois, em 2020 ou 2021, ele vai voltar ao serviço na Frota do Norte da Marinha da Rússia. Depois da modernização, o navio vai ser também usado para treinamento de pilotos da aviação embarcada quando a Marinha receber novos porta-aviões.

    Agora o motor do porta-aviões trabalha a fuelóleo, durante a reparação, quatro de suas oito caldeiras do motor principal serão substituídas e o navio já não vai lançar tanto fumo (no ano de 2017, quando o Kuznetsov se dirigia com sua missão às costas da Síria, a mídia ocidental o ridicularizou por causa desta fumaça, mas é assim que trabalham os motores a fuelóleo).

    Além de alteração no sistema de propulsão, o porta-aviões receberá novos equipamentos avançados para a tripulação, incluindo meios de comunicação e navegação.

    No início do ano, o chefe da Corporação Unida de Construção Naval da Rússia, Aleksei Rakhmanov, disse que as armas do navio também serão substituídas. Pode ser que se trate da substituição dos mísseis anti-navio Granit pelos mais avançados mísseis Kalibr.

    Mas nem todos os especialistas consideram que o Admiral Kuznetsov precisa de mísseis de ataque, porque este navio desempenha um papel defensivo.

    Por exemplo, o especialista russo em assuntos militares Viktor Murakhovsky, editor-chefe da revista Arsenal Otechestva, pensa que "durante a reparação será preciso desmantelar os mísseis de ataque, como fizeram anteriormente os chineses com seus porta-aviões", e usar o espaço libertado para aumentar as reservas de combustíveis e munições para a aviação embarcada neste porta-aviões.

    Segundo relatos, o porta-aviões russo poderá receber sistemas de defesa antiaérea Pantsir-M (modificação naval do Pantsir-S), mas isto não é claro até que seja aprovado o programa estatal de armamentos para 2018-2025.

    Mais:

    Por que 2 caças do porta-aviões Admiral Kuznetsov caíram no mar?
    Por que OTAN 'gastou à vontade' para escoltar Admiral Kuznetsov?
    Mais de 50 navios da OTAN escoltaram porta-aviões russo Admiral Kuznetsov
    Tags:
    defesa, modernização, mísseis, porta-aviões, Admiral Kuznetsov, Marinha da Rússia, Frota do Norte, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik