Rússia modernizará seu poderoso navio Admiral Kuznetsov

© Foto / The Northern FleetPorta-aviões Admiral Kuznetsov, da Marinha russa
Porta-aviões Admiral Kuznetsov, da Marinha russa - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O único porta-aviões da Rússia, o Admiral Kuznetsov, será sujeito a trabalhos de reparação em 2018, devendo estes prolongar-se por dois anos e meio ou três anos.

"O Admiral Kuznetsov entrará em reparações em 2018 e o processo levará dois anos e meio ou três; não está previsto que o navio se desloque à Síria antes da modernização", informou à Sputnik o vice-comandante da Marinha da Rússia Viktor Bursuk no fórum técnico-militar EXÉRCITO 2017.

Avião antissubmarino Tu-142 - Sputnik Brasil
Aviões da Marinha russa serão equipados com novo radar polivalente
Desde 8 de novembro de 2016 e até fevereiro de 2017, o grupo aeronaval russo composto pelo Admiral Kuznetsov, pelo cruzador Pyotr Veliky, pelos destróieres antissubmarino Vitse-Admiral Kulakov e Severomorsk, por navios de apoio e mais de 40 aviões e helicópteros, cumpriu missões militares de combate ao terrorismo na Síria.

Durante os dois meses da operação, os pilotos da aviação embarcada efetuaram 420 voos, que permitiram a eliminação de 1.200 alvos terroristas.

O cruzador porta-aviões pesado Admiral Kuznetsov, fabricado em 1991, é atualmente o único porta-aviões da Marinha da Rússia. Depois de sua atualização, ele poderá servir a frota durante mais 20 anos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала