08:16 29 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    6364
    Nos siga no

    O vice-primeiro-ministro russo Dmitry Rogozin e o vice-presidente cubano Ricardo Cabrisas Ruiz assinaram um programa de cooperação tecnológica entre os dois países no domínio da defesa.

    A assinatura ocorreu no final de uma reunião da comissão russo-cubana sobre cooperação comercial, econômica, científica e tecnológica em Havana, na quinta-feira (8). O programa durará até 2020. 

    Depois das negociações, Dmitry Rogozin, frisou que o programa não tem a ver com fornecimento de equipamentos ou armamentos. 

    "Uma vez que a Rússia já há bastante tempo que aplica o método de programação por objetivos em questões de defesa, nós temos nossa própria metodologia, temos especialistas que sabem como garantir o planejamento de curto prazo. Será prestada uma assistência deste tipo. Se trata de uma assistência metodológica que ajudará a elaborar um programa de planejamento das capacidades [das forças armadas] a longo prazo. Não se trata de fornecimentos, mas desta ajuda metodológica", explicou Rogozin. 

    O vice-primeiro-ministro acrescentou que as forças cubanas se formaram a partir do equipamento fornecido pela União Soviética. Atualmente, a Rússia está criando estruturas de reparação e manutenção, bem como realizando novos fornecimentos para garantir a segurança completa de Cuba e responder às modernas ameaças.

    Ao mesmo tempo, em certas áreas a experiência cubana pode ser útil para a Rússia, por exemplo no ramo da Robótica. 

    O acordo foi fechado em uma altura em que o presidente norte-americano Barack Obama tentou restabelecer os laços com a nação cubana, mas o presidente eleito Donald Trump poderá impor limitações este processo.

    Tags:
    tecnologia militar, Ricardo Cabrisas, Dmitry Rogozin, Rússia, Cuba
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar