18:15 25 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 10
    Nos siga no

    Um residente do estado de Connecticut, EUA, comprou por US$ 35 (cerca de R$ 203) uma tigela de cerâmica que, na verdade, é uma obra de arte do século XV, informou o portal Insider.

    O caçador de antiguidades encontrou uma peça rara em uma venda de garagem no bairro de New Haven, Connecticut, e logo depois enviou fotos da tigela para peritos da sociedade de vendas por leilão Sothby's.

    Os peritos em arte e cerâmica chinesas, Angela McAteer e Hang Yin, após analisarem as imagens, se tocaram de que estavam "olhando para algo realmente muito, muito especial". Após uma análise detalhada, os peritos confirmaram que a tigela é do início dos anos de 1400, durante o reino do imperador Yongle.

    Tigela de cerâmica da Dinastia Ming, do século XV
    © Foto / Sotheby's
    Tigela de cerâmica da Dinastia Ming, do século XV
    A tigela de diâmetro de 16 centímetros é adornada com figuras que lembram botões de lótus e corações de galinha – elementos obrigatórios de cerâmicas da época da Dinastia Ming.

    Ao todo, no mundo foram preservadas apenas seis tigelas como essa, que é a única nos Estados Unidos. Duas destas estão no Museu do Palácio Nacional de Taipé, Taiwan, mais duas no Museu de Londres, e uma no Museu Nacional do Irã.

    Ainda não se sabe como a relíquia foi parar em uma venda de garagem de Connecticut.

    De acordo com informações da mídia, a tigela será vendida em 17 de março em Nova York no leilão de Sotheby's, por no mínimo US$ 300-500 mil (de R$ 1.740 mil a 2.900 mil).

    Mais:

    Relíquia perdida de 5 mil anos de pirâmide egípcia é encontrada em caixa de charutos (FOTOS,VÍDEO)
    Mais de 27 mil relíquias arqueológicas são apreendidas na casa de saqueador na França (FOTOS)
    Antiga relíquia romana com órgão genital de 2 mil anos é encontrada no Reino Unido (FOTO)
    Tags:
    Connecticut, leilão, China, dinastia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar