14:15 17 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Cultura
    URL curta
    0 20
    Nos siga no

    Um raro mural da vida de um domador de cavalos da era da Dinastia Tang (618 d.C. – 907 d.C.) foi descoberto em uma das duas tumbas desenterradas no novo distrito de Xixian, no noroeste da província de Shaanxi, na China, de acordo com a Academia de Arqueologia de Shaanxi.

    As tumbas descobertas continham cerca de 102 relíquias, sendo a maioria estatuetas de pessoas em pé ou montando a cavalo.

    Dos dois túmulos, o primeiro tem 42,5 metros de comprimento, enquanto o segundo tem 33,5 metros, conta o Global Times.

    O segundo túmulo também guardava vários murais pintados em suas paredes. Em um mural na parede norte, uma mesa lateral apresenta vários pratos que foram cuidadosamente colocados sobre ela, enquanto a parede leste exibe um mural com elementos de música, algo bastante representativo da Dinastia Tang.

    No entanto, o destaque desta descoberta arqueológica é um mural que mostra uma imagem vívida de um antigo domador de cavalos e camelos.

    O domador pintado no mural, que apresenta características faciais distintas, é visto recostado e brandindo um chicote na mão direita enquanto tenta domar um cavalo branco cujas rédeas este segura na mão esquerda.

    Este é um tema raro nos murais da Dinastia Tang. Segundo o artigo, foi criado com uma composição interessante e está em bom estado de conservação.

    Mais:

    'Vamos ver algumas grandes histórias de OVNIs em 2021', afirma ex-funcionário do governo britânico
    Tesouro medieval que pertenceria à princesa é descoberto na Polônia (FOTOS)
    Homem no Reino Unido descobre por acaso botija de moedas de ouro de 2.000 anos (FOTOS)
    Tags:
    China, Shaanxi, mural, dinastia, História, arqueologia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar