21:21 19 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 10
    Nos siga no

    Observada pela primeira vem em 1785, NGC 4535 é uma das maiores galáxias do aglomerado de galáxias da constelação de Virgem.

    Através do telescópio espacial Hubble da NASA, astrônomos produziram uma imagem super detalhada da região central da galáxia NGC 4535.

    Observada pela primeira vez em 1785, NGC 4535 ou LEDA 41812 como também é conhecida, está a 52,6 milhões de anos-luz da Terra e pertence a constelação de Virgem, sendo uma das maiores galáxias do aglomerado da constelação que conta com até duas mil galáxias, segundo o SCI News.

    Com o registro detalhado realizado por um dos telescópios mais famosos no campo da astronomia mundial, podemos notar que em seu centro há uma estrutura de barra bem definida, com faixas de poeira que se curvam acentuadamente antes que os braços espirais se rompam nas extremidades da barra.

    NGC 4535 ou Leda 41812, sua aparência quase circular mostra que a observamos de frente
    © Foto / NASA / ESA / Hubble / J. Lee / PHANGS-HST Team
    NGC 4535 ou Leda 41812, sua aparência quase circular mostra que a observamos de frente

    NGC 4535 vem sendo estudada como parte de uma pesquisa que visa esclarecer as ligações entre nuvens de gás frio, a formação de estrelas e sua forma geral e outras propriedades formadoras de galáxias.

    "As cores azuis brilhantes, vistas aninhadas entre seus longos braços espirais, indicam a presença de um número maior de estrelas mais jovens e mais quentes. Em contraste, os tons mais amarelos da protuberância da NGC 4535 sugerem que esta área central é o lar de estrelas que são mais velhas e mais frias", disse um astrônomo do Hubble citado pela mídia.

    Os astrônomos afirmam que as cores brilhantes na imagem do Hubble não são apenas bonitas de se olhar, além de deleitarem os olhos, oferecem preciosas respostas sobre a população de estrelas na galáxia que se encontra tão distante de nós.

    Mais:

    Vestígios de supernova: Hubble determina tempo e local de grande catástrofe espacial (FOTO)
    Astrônomos registram dobra ondulada de nossa galáxia pela 1ª vez
    Universo é muito mais escuro porque tem bem menos galáxias do que se imaginava, diz estudo
    Tags:
    galáxia, NASA, hubble
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar