20:23 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    2130
    Nos siga no

    Enquanto a União Soviética foi o primeiro país a lançar um homem ao espaço, ela perdeu a corrida à Lua com os Estados Unidos em 1969. As autoridades russas disponibilizaram vários documentos com informação anteriormente classificada sobre a lendária competição.

    Muitas coisas eram discutidas pelas autoridades soviéticas enquanto estas competiam com os EUA. O transporte das primeiras amostras de solo da Lua para a Terra em 1969 era muito importante. Um dos temas cruciais era o lançamento de estação lunar E-8-5, se a estação estaria pronta para ser lançada na hora certa, de acordo com Agência Federal Espacial Roscosmos.

    Naquele momento, URSS estava se preparando para lançar a estação espacial automática E-8-5 para a Lua para trazer amostras de solo lunar para a Terra. Os EUA estavam preparando o voo tripulado da nave Apollo 11 com o primeiro pouso na Lua.

    Transcrições de discussões entre o engenheiro principal da construtora soviética Lavochkin, que desenvolvia os programas espaciais soviéticos, Georgy Babakin, e o ministro Geral de Construção de Máquinas, Sergei Afanasiev, revelam preocupações que o projeto pode não conseguir atingir os objetivos e prejudicar a reputação do país. Moscou até considerou parar o projeto, mas Georgy Babakin convenceu as autoridades a continuar.

    "Se os norte-americanos [com seu Apollo 11] pousarem [na Lua] em 17 de junho e nos mandarem solo, se eles o pegarem, eles nos vão mandar, então quais são suas sugestões? O que seria do programa [de lançamento das estações E-8-5] se o lançamento em junho for malsucedido?", perguntou Afanasiev.

    Babakin convenceu o ministro que a URSS devia continuar com o programa de lançamento de qualquer forma e que não era importante se União Soviética receberia amostras de solo mais tarde que os EUA, segundo a transcrição.

    O engenheiro lembrou Afanasiev que a URSS escolheu outro tipo de exploração da Lua, já que pretendiam usar máquinas automáticas em vez de voos tripulados.

    Astronauta Buzz Aldrin, piloto do módulo lunar, caminha sobre a superfície da Lua durante a atividade extraveicular da missão Apollo 11
    © AP Photo / NASA / Neil Armstrong
    Astronauta Buzz Aldrin na Lua

    Os receios do ministro se realizaram, o foguete Proton-K não conseguiu mandar estação E-8-5 para a Lua devido a falha no propulsor em 14 de junho de 1969. O lançamento da estação lunar seguinte Luna-15 teve sucesso, mais o módulo de pouso caiu ao aterrissar na Lua.

    Isso aconteceu no momento em que os astronautas norte-americanos estavam na Lua, tendo coletado e trazido para a Terra mais de 20 quilos de solo lunar. Durante os seis anos seguintes, a União Soviética enviou mais três estações lunares, que completaram a missão e transportaram amostras do solo lunar.

    Mais:

    Piloto de F-15 revela à mídia americana combate contra caça soviético MiG-23 durante Guerra Fria
    Astrônomos descobrem asteroide troiano orbitando Marte que poderia ter 'partido' da Lua (FOTO)
    Cientistas descobrem novo mineral da Lua que pode explicar o que acontece no manto da Terra (FOTO)
    Lua de Júpiter brilha no escuro, descobrem cientistas (FOTO)
    Tags:
    corrida espacial, corrida lunar, astronomia, Lua, URSS, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar