20:12 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 21
    Nos siga no

    Com a ajuda do telescópio do Observatório de Raios X Chandra da NASA, astrônomos detectaram uma bolha de gás ultraquente no centro da nebulosa planetária IC 4593.

    A IC 4593 está localizada a aproximadamente 7.800 anos-luz de distância na constelação de Hércules, este objeto é a nebulosa planetária mais distante detectada em raios X por Chandra.

    Além disso, a bolha em seu centro é uma das mais pequenas entre as nebulosas planetárias e contém gás aquecido a mais de um milhão de graus.

    Estas temperaturas altas provavelmente foram geradas por material que foi jogado para longe do núcleo encolhido da estrela original, colidindo com o gás que já havia sido ejetado pela estrela.

    "IC 4593 é o que chamamos de nebulosa planetária, um nome enganoso porque esta classe de objetos não tem nada a ver com planetas. O nome foi dado cerca de dois séculos atrás, porque elas se pareciam com o disco de um planeta quando eram vistas através de um pequeno telescópio", explicam astrônomos da NASA.

    Nebulosa planetária IC 4593
    Nebulosa planetária IC 4593
    "Uma nebulosa planetária é formada quando o interior de uma estrela com massa semelhante à do Sol se contrai e suas camadas externas se expandem e esfriam. No caso do Sol, suas camadas externas poderiam se estender até a órbita de Vênus durante sua fase de gigante vermelha daqui a vários bilhões de anos."

    A nova imagem da IC 4593 tem os raios X do Observatório Chandra em roxo, invocando semelhanças com ametistas encontradas em geodos no nosso planeta.

    Mais:

    Cientistas capturam em vídeo explosão de imenso buraco negro (VÍDEO)
    Supernova a 65 anos-luz da Terra pode ter desencadeado extinção em massa há 359 milhões de anos
    Com pétalas brilhantes de 6 anos-luz, nebulosa única é flagrada por Hubble (FOTO)
    Tags:
    constelação, Sol, telescópio, NASA, nebulosa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar