06:20 23 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 150
    Nos siga no

    Uma descoberta inesperada de vários milhares de esqueletos medievais foi feita perto da abadia de Vreta, ao norte da cidade sueca de Linkoping. 19 tumbas já foram examinadas por arqueólogos.

    Um cemitério até então desconhecido com milhares de esqueletos bem preservados, alguns deles datando do século XI, na Era Viking, foi encontrado perto de um mosteiro em Linkoping, Suécia. O museu da região considerou essa a "descoberta da década", relata o portal da emissora sueca SVT.

    Das cerca de 70 tumbas que os arqueólogos descobriram, 19 foram examinadas. Adultos, jovens e crianças pequenas foram enterrados no cemitério. Os esqueletos estão bem preservados e muitos foram colocados em caixões de madeira. Todos os dentes parecem estar intactos, garantem os arqueólogos, o que também é uma indicação da Idade Média.

    Os enterros no local ocorreram durante um curto período, todavia, os especialistas afirmam que existem no total cerca de dois mil túmulos, o que pode indicar uma epidemia.

    A abadia de Vreta, ativa entre 1100 e 1582, foi o primeiro convento de freiras na Suécia e é um dos mais antigos da Escandinávia. A igreja principal continuou a ser usada como igreja paroquial luterana e ainda existe.

    Mais:

    Espécie de peixe de 525 anos encontrada em navio de rei da Dinamarca é decifrada (FOTOS)
    Catacumbas com restos humanos são encontradas em jardim de casa na Rússia (FOTOS)
    Marca do Rei e outros antigos símbolos misteriosos são encontrados em floresta britânica (FOTOS)
    Coração de 1º prefeito de cidade belga do século XIX é encontrado em fonte (FOTOS)
    Tags:
    sítio arqueológico, esqueleto, Viking, Suécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar