00:13 14 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    120
    Nos siga no

    O Observatório Europeu do Sul (ESO) publicou uma nova imagem de duas galáxias espirais que se encontram em processo de fusão, denominando a fotografia de "balé galáctico".

    A imagem representa um par de galáxias, aproximadamente do mesmo tamanho, interagindo entre si. Alguns astrônomos acreditam que estas galáxias estão em processo de união para formar um corpo celeste único.

    Esta fusão irá criar grandes quantidades de novas estrelas ao longo dos próximos milhões de anos, algumas das quais podem ser vistas na "ponte" de gás que une as galáxias batizadas de NGC 5426 e NGC 5427.

    Os referidos objetos espaciais se encontram a mais de 120 milhões de anos-luz da Terra, de acordo com o site oficial do observatório.

    Duo de galáxias espirais NGC 5426 e NGC 5427 em processo de fusão formando juntas o sistema Arp 271
    © Foto / ESO
    Duo de galáxias espirais NGC 5426 e NGC 5427 em processo de fusão formando juntas o sistema Arp 271

    Este tipo de colisão e interação poderá também acontecer com a nossa galáxia, a Via Láctea, que provavelmente irá se fundir com a vizinha galáxia de Andrômeda dentro de cerca de cinco bilhões de anos.

    A Via Láctea, produto do Big Bang que ocorreu há 13,5 bilhões de anos, é uma galáxia espiral que possui quatro braços estendidos em torno de um buraco negro supermassivo, conhecido como Sagittarius A*.

    Mais:

    NASA revela 'violento segredo' de galáxia no Aglomerado de Virgem (FOTO)
    'Tempestade cósmica' capaz de destruir uma galáxia inteira é descoberta em quasar distante
    Astrônomos detectam gigantesca ponte de gás quente entre 2 aglomerados de galáxias (VÍDEO)
    Tags:
    Observatório Europeu do Sul, corpo celeste, Universo, espaço, Via Láctea, galáxias
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar