19:27 19 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 30
    Nos siga no

    Achado raro de esqueleto de um guerreiro ávaro e um conjunto de cintos que remontam ao período entre os séculos VII e VIII d.C. foram descobertos por arqueólogos em cemitério na Croácia.

    Durante a realização de pesquisas arqueológicas no cemitério da cidade de Vinkovci, localizada no leste do país balcânico, que tinham começado ainda antes da pandemia do coronavírus e foram recentemente retomadas, arqueólogos descobriram vários enterramentos dos ávaros – grupo étnico que migrou da Ásia ocidental para a Europa central.

    Sepulturas foram descobertas por trabalhadores que tinham estado expandindo a área do terreno examinado. Arqueólogos do museu da cidade de Vinkovci desenterraram restos de um guerreiro ávaro e um conjunto de cintos que, segundo Anita Rapan-Papesa, pesquisadora do museu da cidade, representam um achado muito valioso, revela jornal Croatia Week.

    De acordo com a arqueóloga, até então não haviam sido encontradas sepulturas de ávaros nesta cidade croata, no entanto era um fato conhecido que representantes deste grupo étnico habitavam nesta área.

    "Quando observamos a sepultura murada que tínhamos encontrado, descobriu-se que os ávaros viram como os romanos eram enterrados, então fizeram suas próprias cópias de sepulturas romanas", disse pesquisadora.

    Além do túmulo murado, arqueólogos exploraram uma sepultura típica de terra, em que encontraram um guerreiro e seu cavalo com ornamentos únicos de rédeas.

    Mais:

    Arqueólogos podem ter encontrado sepultura de líder inca durante conquista espanhola
    Sepultura de 'guerreiro' de 2.000 anos armado com espada é achada no Reino Unido (FOTOS)
    'Pedra do túmulo' de Jesus seria de sepultura de governante grego
    Tags:
    arqueólogos, arqueologia, Europa, Império Romano, sepulturas, Croácia, guerreiro, túmulo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar