02:50 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 91
    Nos siga no

    No sábado (18), o Ministério do Turismo e Antiguidades do Egito anunciou uma nova descoberta na necrópole de animais sagrados no sítio arqueológico egípcio de Saqqara, no sul do Cairo.

    Um dos achados mais importantes que mereceram destaque foi o túmulo maravilhosamente decorado de Neferirkaré, terceiro faraó da V dinastia egípcia que governou de 2500 a 2350 a.C. A recente descoberta trouxe à tona um esconderijo de pássaros e animais sagrados, repleto de múmias de animais, sendo algumas delas extremamente raras.

    As escavações arqueológicas começaram na zona do necrotério em Saqqara em abril de 2018 e continuam em andamento. O projeto arqueológico está em sua terceira temporada, revela portal Archaeology & Arts.

    Além do mais, foi encontrada uma entrada vertical de 120 x 90 centímetros e 11 metros de profundidade, tendo no fundo cinco sarcófagos selados de pedra e quatro compartimentos contendo quatro sarcófagos de madeira em tumbas de humanos da Época Baixa do Antigo Egito.

    Em um dos compartimentos, arqueólogos acharam um enorme sarcófago antropoide de madeira com hieróglifos escritos em pigmento amarelo.

    Também foram achados itens impressionantes enterrados ao redor do sarcófago. Dentre eles há 365 figurinhas de faiança de ushebti – termo que designa estatueta funerária egípcia que tem como objetivo substituir o falecido na execução dos seus afazeres depois da morte, um pequeno obelisco de madeira de 40 centímetros de altura com ilustrações das deusas Ísis e Néftis, e do deus dos céus e dos seres vivos Hórus.

    Mais:

    Sarcófagos de sacerdotes de faraós são abertos por arqueólogos no Egito (VÍDEO, FOTOS)
    Feitiço erótico é revelado em papiro de 1.800 anos do antigo Egito (FOTO)
    Tags:
    faraó, animal sagrado, sítio arqueológico, descoberta, túmulo, sarcófago, Egito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar