09:37 26 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    141
    Nos siga no

    A agência espacial norte-americana divulgou uma imagem da superfície do asteroide Bennu, feita a partir de 2.155 fotos coletadas pela sonda espacial OSIRIS-Rex.

    Com cinco centímetros por pixel, esta é a resolução mais alta em que um corpo celeste foi mapeado na totalidade.

    De acordo com um comunicado da missão, as imagens foram tiradas entre os dias 7 de março e 19 de abril de 2019 com a câmera PolyCam.

    A nave espacial coletou as fotos a uma distância que varia entre 3,1 e 5 quilômetros sobre a superfície do asteroide, cujo relevo se revelou ser muito mais irregular do que anteriormente se pensava, escreve a NASA.

    Imagem de mapa da superfície do asteroide Bennu
    Imagem de mapa da superfície do asteroide Bennu

    A equipe da missão espacial utilizou esta visualização detalhada de Bennu durante sua seleção dos locais principal e de reserva – Nightingale e Osprey – onde está previsto que a nave pouse para coletar amostras deste corpo primordial do Sistema Solar, trazendo-as depois para a Terra.

    Mais:

    NASA fixa sonda em Marte batendo nela com 'pá' (VÍDEO)
    Sonda da NASA tira FOTOS inacreditáveis de 'Grand Canyon' na superfície de Marte
    Tags:
    Sistema Solar, amostras, NASA, sonda espacial, corpo celeste, Bennu, asteroide
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar