15:27 22 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1120
    Nos siga no

    Arqueólogos que trabalham no Mausoléu de Qin Shihuang, em Xiam, anunciaram a descoberta de 220 soldados adicionais do famoso Exército de Terracota depois de quase uma década de escavações.

    A equipe tem realizado trabalhos de escavação no sítio do Mausoléu de Qin Shihuang, em Xiam, desde 2009, cobrindo uma área de cerca de 500.000 metros quadrados. O sítio está cheio de uma grande variedade de artefatos, incluindo cerâmica, bronze, jade, uma pequena quantidade de ouro, prata e ferro e os famosos soldados do Exército de Terracota.

    Entre os artefatos bem conservados, que incluem tripés militares, bestas, sabres dourados e artigos cotidianos – colheres, pratos, tinturas e chaleiras, os arqueólogos também descobriram o mais antigo camelo dourado da China.

    A análise dos artefatos pode ajudar a obter informação importante sobre o comércio entre o Ocidente e o Império da China antes da Rota da Seda.

    Mais de 220 novos soldados de terracota com cinco títulos oficiais diferentes, inclusive altas patentes militares, foram desenterrados durante a terceira escavação do Mausoléu de Qin Shihuang. Também foram encontrados 12 cavalos de terracota e uma variedade de armas.

    Além disso, foram descobertas novas patentes de oficiais, o que pode obrigar a rever a atual compreensão da estrutura do exército.

    Assim, a última década levou à descoberta de cerca de 220 figuras cerâmicas e 12 cavalos de barro e também de um grande número de armas e relíquias de arquitetura.

    Mais:

    Múmias de animais e figuras antigas são encontradas no Egito (FOTOS)
    Revelação inédita mostra mulher mais bela do Antigo Egito
    Arqueólogos descobrem misteriosas pedras de 4.000 anos com formas humanas (FOTO)
    Tags:
    descoberta, arqueólogos, China, Guerreiros de Terracota
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar