15:55 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Charges

    Nem todos enxergam 'morte' da OTAN

    Charges
    URL curta
    5154
    Nos siga no

    Em entrevista à revista The Economist, o presidente francês Emmanuel Macron declarou "a morte cerebral" da OTAN, entretanto, nem todos os membros da aliança concordaram com a avaliação dele.

    Nem todos enxergam 'morte' da OTAN

    O presidente francês sublinhou a falta de coordenação dentro da aliança. Vários líderes mundiais logo comentaram a declaração de Macron. "Eu acho que essas palavras são bastante ásperas. Isso não corresponde com meu ponto de vista", disse a chanceler alemã Angela Merkel. Jens Stoltenberg, secretário-geral da OTAN, concordou com as palavras da líder alemã.

    Mesmo assim, Merkel notou que "uma declaração tão forte era necessária, apesar de termos problemas". "Eu disse várias vezes que devemos tomar o destino em nossas mãos na Europa, mas a parceria transatlântica fica para nós".

    Mike Pompeo, secretário de Estado dos EUA, também se pronunciou contra a opinião de Macron: "Eu acho que a OTAN permanece sendo [uma aliança] importante, crucialmente importante, possivelmente, a mais importante parceria na história."

    Mais:

    O presidente americano mais honesto
    Quando não aprendeu a controlar terroristas
    Amor não correspondido
    Tags:
    Angela Merkel, Emmanuel Macron, Mike Pompeo, Alemanha, França, OTAN
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar

    Mais charges

    • Deu branco na Europa sobre quem é culpado
      Last update: 13:34 12.11.2019
      13:34 12.11.2019

      Deu branco na Europa sobre quem é culpado

      Chanceleres da França, Alemanha e Reino Unido, em um comunicado conjunto, expressaram grande preocupação com as recentes declarações do Irã sobre enriquecimento de urânio.

    • Amor não correspondido
      Last update: 11:54 06.11.2019
      11:54 06.11.2019

      Amor não correspondido

      O cientista político e professor do Departamento de Relações Internacionais da UERJ, Mauricio Santoro, chamou as relações entre o Brasil e os EUA de "amor não correspondido", caracterizando as tentativas do governo Bolsonaro de construir relação preferencial com os EUA.

    • Quando não aprendeu a controlar terroristas
      Last update: 11:25 05.11.2019
      11:25 05.11.2019

      Quando não aprendeu a controlar terroristas

      O ministro do Interior da Turquia, Suleyman Soylu, acusou países europeus de estarem tentando obrigar Ancara a resolver o problema da presença dos terroristas por si só.

    • O presidente americano mais honesto
      Last update: 09:54 02.11.2019
      09:54 02.11.2019

      O presidente americano mais honesto

      O presidente sírio Bashar Assad rotulou o presidente americano Donald Trump do "melhor presidente" na história dos EUA, já que ele fala abertamente dos seus planos - por exemplo, do desejo de estabelecer controle sobre os campos petrolíferos.