00:55 24 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil vs. coronavírus no fim de maio de 2021 (47)
    5164
    Nos siga no

    Nesta sexta-feira (21), a direção da CPI da Covid decidiu que o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello será convocado novamente para prestar novo depoimento.

    O entendimento dos senadores que formam maioria na comissão é de que Pazuello mentiu em suas declarações dadas nesta semana durante as duas sessões em que foi ouvido. As informações foram apuradas pela rádio CBN.

    O senador Alessandro Vieira vai produzir o requerimento, que deverá ser votado na quarta-feira (26). Parlamentares independentes e da oposição argumentam que Pazuello mentiu e inventou versões sobre os fatos que ocorreram durante sua gestão na pasta.

    O relator da CPI, Renan Calheiros, elaborou um documento em que aponta pelo menos 15 mentiras que foram contadas pelo general do Exército.

    O depoimento de Eduardo Pazuello era um dos mais aguardados na comissão e durou dois dias. Os senadores entendem que ele deverá prestar novos esclarecimentos diante dos documentos enviados pela Pfizer à CPI com todos os e-mails trocados entre a farmacêutica e o Ministério da Saúde.

    Os papéis comprovam que as ofertas de vacinas contra o coronavírus feitas no ano passado ficaram sem resposta.

    O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello durante depoimento à CPI da Covid em Brasília
    © Folhapress / Pedro Ladeira
    O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello durante depoimento à CPI da Covid em Brasília

    Tema:
    Brasil vs. coronavírus no fim de maio de 2021 (47)

    Mais:

    Relato sobre cloroquina foi o mais grave, mas CPI da Covid está no '0 a 0', diz especialista
    Direito ao silêncio: AGU pede ao Supremo para permitir que Pazuello fique calado em CPI
    CPI da Covid ouve Pazuello: vamos 'esclarecer a verdade', diz general
    Tags:
    CPI, Eduardo Pazuello, Brasil, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar