21:47 01 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    214
    Nos siga no

    O ministro da Economia, Paulo Guedes, demitiu, nesta terça-feira (27), o secretário especial de Fazenda da pasta, Waldery Rodrigues. O atual secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, assumirá o posto.

    Na hierarquia do Ministério da Economia, o Tesouro Nacional está ligado à Secretaria Especial da Fazenda. 

    A saída de Waldery do cargo ocorre após embates relativos ao Orçamento de 2021, que sofreu um veto de R$ 19,8 bilhões em despesas e um bloqueio adicional de R$ 9,3 bilhões, conforme divulgou o Estadão.

    O agora ex-secretário especial de Fazenda defendia um ajuste no orçamento, que já estaria no limite devido às despesas obrigatórias. A visão era contrária à do Congresso Nacional, que dizia que o texto poderia ser sancionado.

    Ainda de acordo com o jornal, Waldery pretendia ficar no cargo até junho deste ano, mas antecipou a decisão após os debates sobre o orçamento.

    Segundo a publicação, o secretário vinha sendo muito criticado pela ala política. Outros integrantes do Ministério da Economia também afirmavam que as decisões importantes "travavam" na Fazenda.

    O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, fala à imprensa no Palácio do Planalto
    O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, fala à imprensa no Palácio do Planalto

    No ano passado, Waldery Rodrigues esteve envolvido em polêmica com o presidente Jair Bolsonaro. O secretário defendeu congelar aposentadorias e mexer no seguro-desemprego para liberar recursos para o programa Renda Brasil, proposta de reformulação dos programas sociais.

    Na época, Bolsonaro ameaçou dar um "cartão vermelho" a quem lhe apresentasse propostas de congelar aposentadorias ou reduzir benefícios.

    Waldery estava no governo federal desde junho de 2016, quando entrou no extinto Ministério da Fazenda, na equipe de Henrique Meirelles, no mandato de Michel Temer.

    Ele acabou permanecendo na pasta na transição para o governo Bolsonaro. Antes, Waldery era consultor do Senado Federal, em um cargo comissionado.

    Mais:

    Empresas brasileiras temem prejuízos financeiros por 'antipolítica ambiental' do governo
    STF determina que governo federal comece a pagar renda básica a partir de 2022
    Governo Bolsonaro ignorou 11 ofertas para compras de vacina, diz portal
    Tags:
    economia, Ministério da Economia do Brasil, Paulo Guedes, Brasil, governo federal, Tesouro Nacional, demissão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar