04:36 01 Março 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil combatendo coronavírus no fim de novembro (45)
    0 30
    Nos siga no

    Após chegar a 95% no fim de semana, a taxa de ocupação dos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) para a COVID-19 no Rio de Janeiro caiu para 93% nesta segunda-feira (30).

    Apesar do balanço da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) apresentar uma ligeira queda na ocupação de UTIs, porcentagem alta causa preocupação às vésperas das festas de fim de ano. A SMS anunciou também que ampliou o número de leitos em sua rede, de 271 para 288.

    Segundo informações da Agência Brasil, o número de pessoas internadas em unidades municipais, estaduais e federais na capital fluminense continua a aumentar. Ele subiu de 525 no sábado (28) para 540 na manhã de hoje (30). Em relação ao início do mês, houve um aumento de mais de 40% no número de pessoas internadas em UTIs com COVID-19, que era de 378 no dia 3 de novembro.

    Movimentação no entorno do hospital de campanha montado no Complexo do Maracanã, no Rio de Janeiro, para pessoas contaminadas pelo novo coronavírus
    Movimentação no entorno do hospital de campanha montado no Complexo do Maracanã, no Rio de Janeiro, para pessoas contaminadas pelo novo coronavírus
    O número de pessoas que aguardam transferência para leitos na capital e na Baixada Fluminense era de 263, e 173 precisavam de leitos de UTI. Segundo a SMS, todos os pacientes que aguardam vagas de terapia intensiva estão sendo assistidos em leitos de unidades pré-hospitalares, que dispõem de monitores e respiradores. 

    A taxa de ocupação das UTIs na rede estadual, considerando também toda a região metropolitana e o interior, era de 80% na manhã de hoje (30), de acordo com a Secretaria de Saúde. A nível estadual, 364 pessoas com casos confirmados ou suspeitos de COVID-19 aguardam transferência para leitos de internação, e 231 deles precisam de vagas de UTIs.  

    Tema:
    Brasil combatendo coronavírus no fim de novembro (45)

    Mais:

    Vacina da Moderna contra COVID-19 se mostra 94,1% eficaz durante 3ª fase do estudo
    COVID-19: inteligência artificial prevê 96% dos casos que exigirão cuidados intensivos, diz estudo
    Especialista explica se é possível contrair COVID-19 durante vacinação com Sputnik V
    Tags:
    ocupação, UTI, rio de janeiro, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar