04:11 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    4352
    Nos siga no

    Na manhã desta terça-feira (21), a Polícia Federal (PF) está cumprindo mandados em uma investigação sobre suposto caixa dois na campanha ao Senado em 2014 de José Serra (PSDB).

    Segundo as investigações, o senador teria recebido R$ 5 milhões em doações não contabilizadas, informa o portal G1. As apurações se restringem a fatos de 2014, quando Serra ainda não tinha o mandato de senador.

    No total, quatro mandados de prisão temporária e 15 de busca e apreensão em São Paulo, Brasília, Itatiba e Itu, estão sendo cumpridos pela PF.

    Sendo que um dos mandados de prisão é contra fundador e ex-presidente da Qualicorp, empresário José Seripieri Júnior.

    A operação é uma nova fase da Lava Jato que apura crimes eleitorais e é feita em conjunto com o Ministério Público Eleitoral (MPE).

    Policiais federais durante operação (foto de arquivo)
    © Folhapress / Fotoarena
    Policiais federais durante operação (foto de arquivo)

    De acordo com a denúncia do MPF, Serra teria usado seu cargo, entre 2006 e 2007, para receber pagamentos indevidos da Organização Odebrecht em troca de benefícios nas obras do Rodoanel Sul, cuja propina era paga pela empreiteira por meio de uma rede de empresas no exterior.

    Mais:

    Marcelo Odebrecht diz que Lava Jato foi 'gatilho' para quebra da empresa
    Lava Jato inicia operação contra fraudes na Eletronuclear
    José Serra é denunciado em Operação Lava Jato e PF cumpre mandado de busca
    Tags:
    Senado, campanha eleitoral, Lava Jato, Caixa 2, busca e apreensão, mandado de prisão, PSDB, José Serra, Polícia Federal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar