07:06 16 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Área desmatada da Amazônia em Porto Velho, Rondônia.

    Veículos alemães falam em sanções contra o Brasil por política ambiental de Bolsonaro

    © REUTERS / Nacho Doce
    Brasil
    URL curta
    153714
    Nos siga no

    A revista Der Spiegel e o jornal semanal Die Zeit, duas das principais publicações da Alemanha, afirmaram que "é hora de sanções contra o Brasil" por conta da política ambiental brasileira.

    A informação foi publicada pelo jornal Folha de S. Paulo nesta segunda-feira (19).

    "A Europa não deve ficar de braços cruzados enquanto um preconceituoso cético da ciência, movido pelo ódio, sacrifica vastas áreas de floresta para pecuaristas e plantações de soja", disse a revista Der Spiegel.

    Já o jornal Die Zeit questionou o recente acordo entre Mercosul e União Europeia e disse que uma medida possível para alterar a política ambiental brasileira seria afetar "os interesses econômicos de seus exportadores, por exemplo, os fazendeiros que vendem carne e soja em larga escala para metade do mundo."

    "Que diferença faz cortar o dinheiro para conservar florestas de um governo que não tem mesmo qualquer interesse em conservar florestas?", afirmou Die Zeit.

    A Alemanha decidiu suspender um repasse de R$ 155 milhões ao Fundo Amazônia por conta de mudanças no órgão de preservação da floresta promovidas pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). Após a decisão dos alemães, Bolsonaro afirmou que a chanceler alemã, Angela Merkel, poderia usar os recursos para reflorestar a Alemanha.

    Mais:

    Consultoria do Senado: indicação de Eduardo Bolsonaro à embaixada dos EUA seria nepotismo
    Bolsonaro vai a festa de peão e defende rodeios: 'não existe politicamente correto'
    Dinamarca entra para Top 5 do Twitter ao ter VÍDEO divulgado por Bolsonaro contra Noruega
    Candidato argentino à Presidência manda recado para Bolsonaro
    Fala de Bolsonaro sobre Argentina não é 'habitual ou desejável', diz ex-embaixador em Buenos Aires
    Tags:
    Alemanha, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar