01:17 23 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1180
    Nos siga no

    O político afirmou que a sua decisão de não concorrer à vice-presidência nas próximas eleições foi tomada em resposta à vontade da população.

    O presidente filipino Rodrigo Duterte, que está no comando da nação asiática há mais de cinco anos, anunciou que não concorrerá à vice-presidência em 2022 e se aposentará da política.

    "O sentimento esmagador […] dos filipinos é que não sou habilitado e seria uma violação da Constituição contornar a lei, o espírito da Constituição" para concorrer à vice-presidência. "Hoje anuncio minha aposentadoria da política", disse Duterte, citado pela agência AFP.
    Presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte
    © REUTERS / Romeo Ranoco
    Presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte

    No início deste mês, Duterte aceitou a nomeação para ser candidato à vice-presidente nas eleições de 2022, já que a Constituição do país o impede de cumprir um segundo mandato como presidente. Embora sua filha, Sara, tenha dito que não se candidataria à presidência nas eleições do próximo ano, ela é considerada uma das favoritas na próxima votação.

    Nas Filipinas, o chefe de Estado é eleito para um único mandato de seis anos, sem possibilidade de concorrer novamente. A eleição presidencial de 2022 no país insular está programada para 9 de maio, no âmbito de eleições gerais nacionais.

    Mais:

    Chanceler das Filipinas expressa apoio à aliança AUKUS
    China busca apoio no sudeste asiático para conter pressão de AUKUS
    Mídia: China pediu que Filipinas não revisassem tratado de defesa com EUA
    Tags:
    Filipinas, Rodrigo Duterte, eleições, aposentadoria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar