23:05 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    3292
    Nos siga no

    De acordo com porta-voz do grupo insurgente, o novo governo será temporário, não permanente.

    Segundo as informações disponibilizadas, Amir Khan Muttaqi foi apontado como novo ministro das Relações Exteriores do Afeganistão e Abas Stanikzai como vice-ministro das Relações Exteriores, Hedayatullah Badri atuará como ministro das Finanças, Mohammad Idris será o novo chefe do Banco Central Afegão, e Qari Din Mohammad Hanif é indicado como ministro da Economia do país.

    Amir Khan Muttaqi (à esquerda), ex-ministro da Educação do Afeganistão, durante uma entrevista em Cabul, pouco tempo depois dos ataques de 11 de setembro de 2001
    © AP Photo / DIMITRI MESSINIS
    Amir Khan Muttaqi (à esquerda), ex-ministro da Educação do Afeganistão, durante uma entrevista em Cabul, pouco tempo depois dos ataques de 11 de setembro de 2001
    O Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em outros países) nomeou ainda Han Vasik para a chefia da Inteligência afegã, e apontou Mohammad Yaqoob como ministro da Defesa em exercício e Mohammad Hasan Akhund como primeiro-ministro interino, liderando o novo governo afegão.
    Abdul Ghani Baradar, discursando em Doha, no Catar, em 29 de fevereiro de 2020
    © AP Photo / Hussein Sayed
    Abdul Ghani Baradar, discursando em Doha, no Catar, em 29 de fevereiro de 2020

    O cofundador do grupo insurgente, Abdul Ghani Baradar, passará a ser o novo vice-premiê; Sarajuddin Haqqani será o novo ministro interino do Interior.

    A Rússia foi convidada a participar da cerimônia de anúncio do novo governo provisório, disse Zamir Kabulov, representante presidencial especial russo para o Afeganistão, à Sputnik, nesta terça-feira (7).

    "Recebemos o convite [...] temos um embaixador lá [no Afeganistão] e ninguém precisa viajar", informou Kabulov.

    Com o estabelecimento de um novo governo, ainda que provisório, os afegãos poderiam esperar uma normalização das comunicações aéreas e das diversas áreas do Estado. Porém, de acordo com Zabihullah Mujahid, porta-voz do Talibã, tal ainda vai demorar algum tempo.

    Porta-voz do Talibã, Zabihullah Mujahid, após sua primeira coletiva de imprensa, Cabul, Afeganistão, 17 de agosto de 2021
    © AP Photo / Rahmat Gul
    Porta-voz do Talibã, Zabihullah Mujahid, após sua primeira coletiva de imprensa, Cabul, Afeganistão, 17 de agosto de 2021
    "O Emirado Islâmico do Afeganistão [autodesignação do sistema político talibã] declarou que as pessoas não serão autorizadas a viajar ao exterior até que um novo gabinete seja formado e o Aeroporto Hamid Karzai esteja totalmente preparado", advertiu o porta-voz.

    Segundo Mujahid, as pessoas terão que esperar até que os Ministérios do Interior e das Relações Exteriores comecem a funcionar.

    O chefe do novo governo, Mohammad Hasan Akhund, disse que a lei Sharia seria aplicada sob sua liderança, afirmando que o Afeganistão se compromete a cumprir todos os acordos internacionais, desde que não sejam contrários às leis do Islã e aos valores nacionais.

    Mais:

    EUA firmam acordo secreto para talibãs escoltarem americanos até Aeroporto de Cabul, diz mídia
    Talibã diz querer manter relações com EUA e encoraja sua participação da reconstrução do Afeganistão
    VÍDEO mostra tropas dos EUA disparando granadas de fumaça sobre multidão de civis em Cabul
    Tags:
    Afeganistão, Talibã, governo, presidência temporária, parlamento
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar