14:05 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    9384
    Nos siga no

    O Talibã (grupo terrorista proibido na Rússia e em outros países) entrou em Cabul neste domingo (15) e comunicou que espera assumir o poder em alguns dias.

    Embaixada dos EUA no Afeganistão informou neste domingo (15) que ocorreu um incêndio no aeroporto de Cabul. A embaixada instruiu os norte-americanos no país a procurarem abrigo. Fontes relataram que, logo em seguida, iniciou-se um tiroteio com o uso de armas leves e pesadas enquanto as tropas dos EUA ajudavam a evacuar os norte-americanos do país.

    "A situação da segurança em Cabul está mudando rapidamente, inclusive no aeroporto. Há relatos de incêndio no aeroporto; portanto, estamos instruindo os cidadãos dos EUA a se abrigarem no local. [...] Não ligue para a embaixada dos EUA em Cabul para detalhes ou atualizações sobre o seu voo", lê-se no comunicado divulgado pela embaixada norte-americana.

    Também neste domingo (15), o Exército dos EUA evacuou o embaixador dos EUA em exercício no Afeganistão da embaixada no aeroporto de Cabul.

    Avião decola do Aeroporto Internacional de Cabul, Afeganistão
    © AP Photo / Rahmat Gul
    Avião decola do Aeroporto Internacional de Cabul, Afeganistão

    Embaixadas evacuadas

    Não são os EUA que começaram a retirar seu corpo diplomático do Afeganistão. Outros países com presença diplomática em Cabul também começaram a preparar a retirada de seu pessoal. Entre eles, Alemanha, França, Finlândia, Canadá, Reino Unido e Suécia, entre outros.

    Por outro lado, a Turquia afirmou que a embaixada turca continuará em operações. "Fizemos os preparativos necessários para os cidadãos turcos que querem deixar o Afeganistão [...]. Nossa embaixada em Cabul continua suas operações", garantiu Mevlut Cavusoglu, ministro das Relações Exteriores da Turquia.

    A Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), por sua vez, afirmou que vai manter sua presença diplomática em Cabul e ajudar a manter o aeroporto da cidade funcionando e facilitando as evacuações, disse um funcionário da Aliança Atlântica à agência Reuters neste domingo (15). O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, discutiu os últimos acontecimentos no Afeganistão com líderes, entre eles, o primeiro-ministro britânico Boris Johnson.

    ​Falei com o primeiro-ministro britânico Boris Johnson e com os ministros de Relações Exteriores dos nossos aliados Canadá, Dinamarca e Países Baixos sobre a situação no Afeganistão. A OTAN está ajudando a manter o aeroporto de Cabul aberto para facilitar e coordenar as evacuações.

    Neste domingo (15), o Talibã entrou em Cabul e afirmou que espera assumir o poder em alguns dias. Horas antes, o presidente Ashraf Ghani deixou o Afeganistão com destino ao Tajiquistão. De lá, Ghani deve seguir para um outro país ainda não revelado.

    Mais:

    Embaixada dos EUA em Cabul incita norte-americanos a deixarem Afeganistão imediatamente
    EUA vão enviar 3 mil soldados ao Afeganistão para evacuar embaixada, diz Pentágono
    Militares do Irã estão em 'prontidão total' na fronteira com Afeganistão, diz comandante do IRGC
    EUA ordenam destruição de documentos secretos na sua embaixada no Afeganistão
    Tags:
    afegão, Afeganistão, Afeganistão, incêndio, incêndio, incêndio, aeroportos, aeroporto, aeroporto, Cabul, EUA, Embaixada dos EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar