04:38 30 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 246
    Nos siga no

    Kazuo Miyasaka, presidente de uma empresa de pesquisa de literatura técnica, é acusado pela polícia japonesa de transferir sem autorização dados de uma aeronave experimental da Boeing a um representante russo.

    Um homem foi preso no Japão por supostamente ter passado informações sobre a mais recente tecnologia da indústria aeroespacial dos EUA para um funcionário da missão comercial russa, informa a emissora NHK.

    "Por solicitação, recebi e entreguei materiais sobre a mais recente tecnologia dos EUA na área da exploração espacial", disse o suspeito, Kazuo Miyasaka, segundo a emissora, que citou fontes policiais.

    O produto em questão é a X37B, uma aeronave orbital não tripulada experimental da Boeing.

    Miyasaki também disse aos investigadores que, nos últimos 30 anos, ele transmitiu dados a um total de 15 funcionários de agências russas e que teria recebido por isso cerca de dez milhões de ienes (R$ 466.472,65).

    Na quinta-feira (10) a mídia japonesa relatou a detenção do ex-diretor de uma empresa de pesquisa na Prefeitura de Kanagawa, a sul de Tóquio, por suspeita de uso ilegal de bases de dados e transferência de informações militares para um funcionário da missão comercial russa no Japão.

    Com 70 anos, Miyasaka era chefe de longa data de uma empresa de pesquisa de literatura técnica. Em 2019 teria escondido sua verdadeira razão e objetivo, obtendo acesso a um banco de dados para pesquisar informações relacionadas ao desenvolvimento de aeronaves e de capacidades de inteligência militar por meio de radar. Ele teria feito cópias de oito exemplares da literatura em questão e as entregado a um funcionário russo.

    A embaixada russa no Japão disse na sexta-feira (11) que estava acompanhando a situação.

    Mais:

    'Todos espionam todos': especialista comenta escândalo de espionagem de políticos europeus por EUA
    Ministro da Defesa norueguês acusa Rússia de querer 'isolar' país de seus aliados
    Moscou prende cidadão russo na Crimeia por suposta espionagem para Ucrânia
    'Mania de espionagem': Rússia critica decisão da Bulgária de expulsar 2 diplomatas russos
    Tags:
    NHK, Boeing, EUA, Rússia, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar