20:24 19 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    COVID-19 no mundo em meados de maio (35)
    0 62
    Nos siga no

    As autoridades de povoados indianos teriam começado a utilizar unidades policiais para prevenir sepultamentos em águas dos rios, segundo a mídia. Entre os cadáveres retirados de rios poderia haver mortos pela COVID-19.

    Corpos de vítimas da COVID-19 foram encontrados em alguns rios indianos, segundo informou o governo de um estado em uma carta vista pela Reuters, sendo o primeiro reconhecimento oficial de uma prática alarmante. O governo disse que as ações podem resultar da pobreza e do medo da doença nos povoados.

    "A administração tem informação que os corpos daqueles que faleceram da COVID-19 ou qualquer outra doença estão sendo jogados em rios em vez de serem eliminados em rituais próprios", afirmou na sexta-feira (14) Manoj Kumar Singh, alto funcionário do estado de Uttar Pradesh, em carta para os chefes de distritos.

    "Como resultado, corpos têm sido recuperados de rios em muitos lugares", segundo a carta.

    Singh confirmou a carta à Reuters, mas disse que a autópsia de quatro a cinco corpos no distrito de Ghazipur, no estado de Uttar Pradesh, não revelou infecções pelo vírus.

    Singh disse que a falta de fundos para materiais como lenha para cremação, crenças religiosas em algumas comunidades e famílias abandonando vítimas por receio da doença estão entre as causas prováveis do aumento de casos de surgimento de corpos em rios.

    Ele pediu aos funcionários a nível de povoado para garantirem que nenhum cadáver fosse jogado na água e disse que o governo do estado pagaria a famílias pobres 5 mil rúpias (aproximadamente R$ 360) para cremar ou enterrar os mortos. Além disso, o estado também pediu aos policiais que patrulhassem os rios para evitar essas práticas.

    O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, instou as autoridades no sábado (15) para reforçarem os recursos de saúde rurais e aumentarem a vigilância, enquanto o vírus se espalha rapidamente nessas áreas, depois de devastar as cidades.

    A Índia é atualmente o segundo país mais infectado pela COVID-19 no mundo, com mais de 24 milhões de casos confirmados e 270.284 óbitos. O aumento de mortes levou a atrasos em crematórios em muitos lugares e multiplicou o custo dos ritos funerários.

    Tema:
    COVID-19 no mundo em meados de maio (35)

    Mais:

    Óbitos relacionados à COVID-19 no Brasil chegam a 434.715, informa Conass
    Índia corre risco de registrar 1 milhão de novos casos da COVID-19 por dia, diz especialista
    Com o maior índice de mortalidade por COVID-19 do mundo, Uruguai culpa variante brasileira
    Justiça de Portugal considera ilegal quarentena de família vinda do Brasil e pode abrir precedentes
    Tags:
    água, rio, vírus, novo coronavírus, COVID-19, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar