16:44 19 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Coronavírus no mundo no final de fevereiro de 2021 (71)
    0 21
    Nos siga no

    Auckland, a maior cidade da Nova Zelândia, iniciou neste domingo (28) o segundo lockdown em um mês, enquanto as autoridades tentam evitar que se espalhem os casos de COVID-19 relacionados com um surto em uma escola secundária.

    O bloqueio de sete dias foi anunciado no sábado (27) pela primeira-ministra Jacinda Ardern, e chega depois de uma ordem de permanência em casa que vigorou por três dias em meados de fevereiro, após o surgimento local da variante britânica do novo coronavírus.

    O sequenciamento genômico de um novo caso registrado no sábado (27), que motivou o lockdown, foi vinculado a outros casos - que somam 13 no total - relacionados com um surto em uma escola secundária, informaram as autoridades de Saúde neste domingo (28).

    "É improvável que não vejamos mais casos", disse o ministro de Resposta à COVID-19, Chris Hipkins, à emissora de televisão estatal TVNZ. "Nós simplesmente não sabemos a quantidade de casos neste momento", acrescentou.

    De acordo com as autoridades neozelandesas, o novo caso é de um estudante de 21 anos, que tem familiares que frequentavam a escola secundária. Além disso, o rapaz permaneceu infeccioso por uma semana e não manteve o distanciamento social, pois visitou diversos espaços públicos durante esse período.

    Com base nas novas restrições que passam a vigorar neste domingo (28) em Auckland, as pessoas só poderão sair de casa para fazer compras e trabalhos essenciais, enquanto os locais públicos permanecerão fechados. Já nas demais regiões do país as medidas são mais brandas, como as limitações para reuniões públicas.

    Nova Zelândia e Austrália têm tido relativo sucesso para evitar que a pandemia do novo coronavírus se espalhe por seus territórios. Os dois países fecharam suas fronteiras, realizam um rastreamento agressivo de contatos e contam com a colaboração da comunidade, que cumpre com rigor as determinações das autoridades.

    Com uma população de aproximadamente cinco milhões de pessoas, a Nova Zelândia registra 2.372 casos acumulados de coronavírus e apenas 26 mortes desde o início da pandemia, segundo o levantamento feito pela universidade norte-americana Johns Hopkins.

    Tema:
    Coronavírus no mundo no final de fevereiro de 2021 (71)

    Mais:

    Político Maori da Nova Zelândia convence Parlamento a retirar obrigatoriedade das gravatas
    Exemplo no combate à COVID-19, Nova Zelândia não registra novos casos da doença
    Nova Zelândia exigirá que turistas apresentem testes negativos para a COVID-19
    Tags:
    Auckland, lockdown, COVID-19, Nova Zelândia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar