15:18 16 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Pandemia da COVID-19 no mundo em meados de fevereiro de 2021 (110)
    0 11
    Nos siga no

    A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, anunciou neste domingo (14) que vai implementar um lockdown de três dias na cidade de Auckland, após a descoberta de três novos casos locais de infecções pelo novo coronavírus.

    Escolas e empresas estarão fechadas a partir da próxima segunda-feira (15) e somente serviços considerados essenciais poderão abrir. As informações foram publicadas pela agência Reuters.

    "Já eliminamos o vírus antes e faremos isso de novo", afirmou a primeira-ministra.

    Auckland é a maior cidade do país e cerca de 1,7 milhão de pessoas deverão permanecer em suas casas e só poderão sair para ir ao mercado ou comparecer em consultas médicas.

    "Três dias devem nos dar tempo suficiente para reunir mais informações, realizar testes em grande escala e estabelecer se houve transmissão mais ampla da comunidade", completou Ardern.

    O governo de Ardern reagiu rapidamente no início da pandemia e fechou suas fronteiras para controlar o espalhamento e evitar a importação de novos casos.

    As medidas permitiram que o país praticamente erradicasse a COVID-19. Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, a Nova Zelândia já registrou 2.330 casos confirmados de COVID-19 e 25 mortes causadas pela doença.

    Tema:
    Pandemia da COVID-19 no mundo em meados de fevereiro de 2021 (110)

    Mais:

    Vacina de Oxford/AstraZeneca contra COVID-19 será testada em crianças e adolescentes
    Presidente russo diz que seu país lidou melhor com a COVID-19 do que outros
    China: 'EUA criaram sérios obstáculos à cooperação internacional na luta contra a COVID-19'
    São Paulo identifica 1º caso de variante de Manaus da COVID-19 em paciente que não foi ao Amazonas
    Dois filhotes de tigre morrem vítimas da COVID-19 em zoológico do Paquistão
    Tags:
    doença, casos confirmados, Jacinda Adern, pandemia, lockdown, novo coronavírus, Nova Zelândia, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar