01:44 01 Março 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    231
    Nos siga no

    Na semana passada, o Fundo Monetário Internacional (FMI) enviou US$ 350 milhões (cerca de R$ 1,9 bilhão) ao governo mianmarense como parte do pacote de ajuda emergencial para conter a pandemia, disse à Reuters o porta-voz do FMI.

    O dinheiro foi enviado dias antes de a primeira conselheira de Estado, Aung San Suu Kyi, e outros líderes da Liga Nacional para a Democracia (LND) terem sido detidos após o golpe militar na manhã de segunda-feira (1º) no capital de Naypyidaw.

    Citando fonte anônima, a agência escreve que "parece haver pouco o que o FMI pode fazer para recuperar os fundos de ajuda emergencial".

    Recentemente, o FMI expressou a esperança de que o dinheiro poderia ajudar Mianmar a responder "às necessidades urgentes do balanço de pagamentos provocadas pela pandemia COVID-19, especialmente para as medidas governamentais de recuperação, a fim de instalar a estabilidade macroeconômica e financeira, enquanto fornece suporte aos setores afetados e grupos vulneráveis".

    O porta-voz do FMI apontou que eles estão "monitorando os últimos acontecimentos" em Mianmar e que estão "profundamente preocupados com o impacto dos eventos" na economia do país, bem como na população.

    Os comentários surgiram, uma vez que os militares mianmarenses anunciaram a formação do Conselho Administrativo do Estado chefiado pelo general sênior Min Aung Hlaing, segundo o jornal The Myanmar Times.

    Os procedimentos reportados aconteceram depois que os militares de Mianmar, também conhecidos como Tatmadaw, suspenderem todos os voos, incluindo voos domésticos. A suspenção ocorreu um dia após a detenção de vários altos funcionários no país.

    As prisões ocorreram no momento em que os militares declararam estado de emergência de um ano após semanas de progressivas tensões pelos resultados das eleições de novembro do ano passado, quando a LND venceu. A eleição de 2020 foi apenas a segunda eleição desde o fim do regime militar em 2011.

    Mais:

    Vice-presidente do TSE, Fachin divulga nota criticando golpe em Mianmar
    Mianmar: mulher grava sem querer golpe militar ao dar aula de aeróbica (VÍDEO)
    Exército de Mianmar declara estado de emergência após prisão de líderes políticos (VÍDEO)
    Antes de Mianmar: que golpes militares agitaram o mundo na última década?
    Tags:
    ajuda financeira, FMI, golpe militar, Mianmar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar