08:04 28 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Situação mundial da COVID-19 no início de fevereiro de 2021 (80)
    212
    Nos siga no

    Nesta terça-feira (2), o presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tóquio 2020 afastou qualquer dúvida sobre o acontecimento das competições a partir de 23 de julho deste ano.

    Segundo Yoshiro Mori, as Olimpíadas acontecerão "independentemente de como o coronavírus evoluir", referindo-se à pandemia no Japão.

    As dúvidas sobre os Jogos cresceram à medida que os países foram forçados a entrar novamente em bloqueios por conta da COVID-19. No dia 21 de janeiro, o jornal britânico The Times chegou a publicar uma matéria afirmando que a capital japonesa teria desistido de sediar o evento em 2021 – possibilidade que foi prontamente refutada pelo governo japonês

    "Devemos ir além da discussão sobre se vamos realizar ou não. É sobre como faremos. Vamos pensar em um novo tipo de Olimpíada nesta ocasião", acrescentou Mori.

    A declaração de Mori foi feita horas antes de o primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga, anunciar a extensão do estado de emergência no país – o que significa que a medida será válida até 7 de março em Tóquio e várias outras partes do Japão.

    Restrições mais rígidas nas fronteiras impostas após o aumento das infecções no Japão já forçaram o adiamento de alguns eventos esportivos, incluindo o primeiro evento-teste para os Jogos: um torneio pré-olímpico de nado artístico. O revezamento da tocha pelo Japão segue marcado para ter início em 25 de março.

    Os japoneses, no entanto, são contrários à realização dos Jogos neste ano: 80% dos cidadãos do Japão apoiam um novo adiamento ou o cancelamento das Olimpíadas.

    ​Com 391 mil casos de infecção pelo novo coronavírus e 5,8 mil mortes causadas pela pandemia (segundo dados da Universidade Johns Hopkins), o Japão ainda não aprovou nenhuma vacina contra a COVID-19. O presidente do Comitê Olímpico Internacional afirmou que a vacinação não será obrigatória para os atletas competirem nos Jogos Olímpicos.

    Tema:
    Situação mundial da COVID-19 no início de fevereiro de 2021 (80)

    Mais:

    Pandemia força comitê organizador de Tóquio 2020 a cortar US$ 280 milhões
    Tóquio insiste que embarcações chinesas saiam 'o quanto antes' das águas territoriais japonesas
    Chefe do COI está 'muito confiante' que as Olimpíadas de Tóquio terão público
    Japão decide decretar estado de emergência em Tóquio para conter avanço da COVID-19
    Campeão olímpico da natação é acusado de invadir o Capitólio
    Tags:
    Yoshihide Suga, Olimpíadas, Olimpíada, Japão, Governo de Tóquio, Comitê Organizador Tóquio 2020, Tóquio 2020, Tóquio 2020, Tóquio-2020, Tóquio, Jogos Olímpicos, Jogos Olímpicos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar