22:07 11 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    COVID-19 no mundo no início de janeiro de 2021 (75)
    0 10
    Nos siga no

    Cerca de 80% dos cidadãos japoneses são a favor do cancelamento ou adiamento dos jogos olímpicos de Tóquio, uma vez que o país passa por um aumento nos casos de COVID-19, segundo revelou uma pesquisa da agência de notícias Kyodo.

    A pesquisa realizada por telefone descobriu que 35,5% dos entrevistados acreditam que as Olimpíadas devem ser canceladas por completo, enquanto 44,8% preferem outro adiamento.

    Os jogos de Tóquio estavam originalmente programados para 2020, mas foram adiados por um ano após o agravamento da pandemia da COVID-19. Grande parte da infraestrutura estava pronta naquele momento, o que significou bilhões de dólares em despesas para o governo japonês.

    O primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, durante coletiva em imprensa.
    © REUTERS / Kiyoshi Ota
    O primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, durante coletiva em imprensa.

    O recente aumento de casos no Japão também teve impacto na popularidade do governo japonês. O índice de aprovação do primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga, caiu desde a última pesquisa, ficando em 41,3%, já que ele é considerado responsável pelo aumento de casos. A falta de liderança foi citada pelos entrevistados como o motivo mais comum para a desaprovação de Suga, relatou a agência Kyodo.

    Na quinta-feira (7), o governo japonês decretou estado de emergência na região de Tóquio para combater o avanço da pandemia no país. As medidas de emergência incluem a redução do funcionamento de restaurantes e bares, e também a imposição de um limite ao número de pessoas em grandes eventos. As autoridades japonesas esperam iniciar a vacinação contra a COVID-19 no país em fevereiro.

    Mulher usando máscara para em frente de uma estátua de máscara fora de um centro comercial durante pandemia da COVID-19 em Tóquio, Japão, 14 de dezembro de 2020
    © REUTERS / Kim Kyung-Hoon
    Mulher usando máscara para em frente de uma estátua de máscara fora de um centro comercial durante pandemia da COVID-19 em Tóquio, Japão, 14 de dezembro de 2020

    A pesquisa da agência Kyodo também aponta que 68% dos entrevistados estão insatisfeitos com as medidas de resposta à pandemia tomadas pelo governo e apenas um quarto deles consideram as ações apropriadas. A pesquisa foi realizada em 715 domicílios e 1.274 números de telefone celular, gerando 1.041 respostas no total.

    Segundo os dados da Universidade Johns Hopkins, o Japão registra um total de 288.818 casos confirmados de COVID-19, além de 3.850 mortes causadas pela doença.

    Tema:
    COVID-19 no mundo no início de janeiro de 2021 (75)

    Mais:

    Cientistas do Japão desenvolvem vacina para COVID-19 com bichos-da-seda
    O exemplo vem de cima? Japão considera cortes de benefícios para famílias de alta renda
    Argélia se torna 1º país africano a registrar a vacina Sputnik V
    Tags:
    Tóquio, Yoshihide Suga, Japão, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar