18:23 25 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    2181
    Nos siga no

    Achado levanta a hipótese de que a China está realizando atividades secretas de pesquisa em águas indonésias. Pequim não se pronunciou sobre o assunto. Os países têm uma disputa territorial no mar do Sul da China.

    Um pescador indonésio encontrou recentemente um misterioso objeto em forma de torpedo equipado com câmeras nas ilhas Selayar, arquipélago no leste da Indonésia. O especialista militar H I Sutton acredita que o objeto pode ser um veículo não tripulado subaquático (AUV, sigla em inglês) chinês Haiyi, conhecido também como Sea Wing.

    ​Pescador na ilha Selayar encontrou um AUV: comprimento de 2,25 metros, cauda de 18 centímetros, envergadura de meio metro, antena de 93 centímetros. Muito semelhante ao AUV Sea Wing da China, que, se for verdade, levanta muitas questões, especialmente como ele conseguiu ser encontrado muito dentro do nosso território

    Como evidência de que o objeto se trata mesmo de um drone submarino chinês, Sutton mostra ilustração abaixo, que mostra componentes do AUV.

    Segundo drone submarino chinês Sea Wing encontrado em águas indonésias. O primeiro foi perto do estreito de Malaca (em 2019), esta perto do estreito de Lombok e do estreito de Sunda, no oceano Índico​

    Zona de disputa

    A descoberta foi realizada perto de duas rotas potenciais entre o mar do Sul da China e o oceano Índico, o estreito de Sunda e o estreito de Lombok, podem ser importantes em tempos de guerra, ressalta o especialista.

    "À medida que avançam, eles [AUVs] estão coletando dados sobre o ambiente do oceano […]. A inteligência coletada pelo drone pode ser valiosa para a Marinha chinesa se seus submarinos pretendem usar esses estreitos", comenta Sutton no portal Naval News.

    O Xiang Yang Hong 06, um navio chinês de pesquisa, lançou 12 drones Sea Wing no oceano Índico no ano passado, com os planadores tendo registrado mais de 3.400 perfis de pesquisa e obtido grandes quantidades de dados hidrológicos para fins científicos de uma área de 777 quilômetros quadrados.

    Navio de guerra indiano INS Jalashwa carregando indianos que ficaram retidos nas Maldivas devido ao lockdown contra a pandemia da COVID-19, chega a Kochi, Índia, em 10 de maio de 2020
    © AP Photo / R. S. Iyer
    Navio de guerra no oceano Índico

    Diferentemente do que ocorre com outros vizinhos, como Vietnã, Filipinas, Malásia e Taiwan, as relações da China com a Indonésia têm sido menos manchadas por reivindicações conflitantes no mar do Sul da China.

    "É improvável que esse incidente se intensifique […], mas serve para chamar a atenção para as atividades marítimas cada vez mais agressivas da China. Esses planadores podem, em alguns casos, ser inocentes, mas são naturalmente vistos com suspeita. Pode ser uma evidência de que a China está fazendo o reconhecimento de potenciais rotas submarinas no oceano Índico, através das águas indonésias. Ou algum outro plano naval", comenta Sutton.

    Mais:

    Drone de ataque russo Orion lança mísseis pela 1ª vez, segundo fonte da Defesa
    Espionando a 2 km: Exército britânico compra 30 drones do tamanho de smartphones (FOTO)
    EUA vão permitir que pequenos drones sobrevoem o país durante a noite
    Rússia desenvolve novas armas a laser para derrubar drones
    Tags:
    Indonésia, China, drone subaquático, drone submarino
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar