08:05 20 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 50
    Nos siga no

    Nesta quarta-feira (25) a Comissão para a Proteção de Informações Pessoais da Coreia do Sul (PIPC) multou o Facebook Inc. em US$ 6 milhões (R$ 31,9 milhões) por passar dados de pelo menos 3,3 milhões de pessoas para outras empresas.

    A Comissão afirmou que o Facebook violou a lei do país ao fornecer informações pessoais, entre maio de 2012 e junho de 2018, de pelo menos 3,3 milhões de sul-coreanos, de um total de 18 milhões de usuários do país, a outras empresas sem o seu consentimento.

    Trata-se do primeiro caso de penalização da Comissão contra o Facebook desde a criação da entidade em agosto deste ano.

    Os dados compartilhados com outras empresas incluíam nomes de usuários, seus endereços, datas de nascimento, experiência de trabalho, cidades onde nasceram e status de relacionamento.

    No entanto, de acordo com a Comissão, a quantidade de dados compartilhados permanece incerta, uma vez que o Facebook não providenciou a documentação necessária.

    Quando os usuários acessavam os serviços de outras empresas usando suas contas do Facebook, as informações de seus amigos da rede social também eram compartilhadas com estes provedores de serviços sem o seu consentimento, escreve a agência Yonhap.

    Tendo em conta que as informações teriam sido fornecidas a cerca de dez mil outras empresas, uma quantidade considerável de dados pessoais pode ter sido compartilhada.

    Mais:

    Justiça decide que Google deve enviar dados para investigação do assassinato de Marielle Franco
    Fim da privacidade e proteção de dados? Por que não é mais seguro usar WhatsApp
    Analista questiona benefícios de aproximação ideológica de Brasil com EUA sobre rede 5G
    Tags:
    privacidade, informações pessoais, Facebook, dados pessoais, Coreia do Sul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar