20:57 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 180
    Nos siga no

    A China considera Taiwan como seu próprio território, sem direito a relações formais com outros países. Dessa forma, negociações entre Washington e Taipé são vistas com maus olhos por Pequim.

    O Ministério das Relações Exteriores da China solicitou nesta quarta-feira (11) que os EUA parem de estreitar os laços com Taiwan e que, se necessário, daria uma "resposta adequada e necessária". O porta-voz do ministério, Wang Wenbin, fez o comentário durante uma coletiva de imprensa em Pequim, relata a agência Reuters.

    O alerta ocorre após Washington e Taipé anunciarem que vão manter negociações neste mês acerca da venda de quatro drones MQ-9B Reaper e hardware associado para Taiwan, dias após terem sido anunciados os resultados preliminares das eleições nos EUA.

    "A questão de Taiwan é um assunto interno da China e não tolera nenhuma interferência", afirmou Zhu Fenglian, porta-voz do Escritório de Assuntos de Taiwan, ao responder uma pergunta da imprensa sobre como as eleições nos EUA poderiam afetar o desenvolvimento das relações entre Pequim e Taipé.

    Zhu destacou ainda que os laços de Taipé com forças externas, "usados ​​para cometer provocações, são a principal causa das atuais tensões entre as duas margens do estreito de Taiwan [entre a costa da China continental e a ilha de Taiwan]".

    O atual governo dos EUA tem mantido laços estreitos com Taiwan. Em 10 de novembro, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, anunciou negociações econômicas entre Washington e Taipé para o próximo dia 20 de novembro.

    Mais:

    Força Aérea dos EUA confirma voo de seu avião espião sobre Taiwan (FOTOS)
    Pequim promete sancionar entidades dos EUA que participarem da venda de armas a Taiwan
    EUA anunciam venda de 100 sistemas de defesa costeira Harpoon a Taiwan
    Taiwan baixa toda a frota de F-5E Tiger II após queda de caça e morte de piloto (FOTO)
    Tags:
    EUA, Estreito de Taiwan, Taiwan, China, drones
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar