21:04 20 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    7913
    Nos siga no

    Coreia do Sul está pronta para enfrentar qualquer ameaça da Coreia do Norte, incluindo a "nova arma estratégica", disse o ministro da Defesa sul-coreano Jeong Kyeong-doo em um programa de rádio militar.

    "Nossos militares levam a situação atual muito a sério [...] Aconteça o que acontecer, eu posso dizer a vocês com convicção que estamos totalmente preparados para lidar com qualquer situação", afirmou Jeong Kyeong-doo quando questionado sobre a prontidão sul-coreana para enfrentar as novas armas estratégicas norte-coreanas.

    O ministro sul-coreano também apelou aos militares para estarem em alerta máximo e acompanharem de perto as ações da Coreia do Norte, mas acrescentou que Seul procura manter a dinâmica nas conversações entre Pyongyang-Washington, para que a situação de segurança na península possa mudar em 2020.

    Nesta terça-feira (7), a agência de notícias Yonhap, citando fontes familiarizadas com o assunto, informou que a Coreia do Sul deslocou o sistema de defesa antimíssil americano Patriot da região sudeste para o centro de Seul, com o objetivo de reforçar a proteção das suas principais bases contra a ameaça norte-coreana.

    O complexo deve ser equipado com mísseis PAC-2 e PAC-3 projetados para interceptar aeronaves e mísseis em altitudes de cerca de 20 a 40 quilômetros.

    Superioridade na região

    Segundo observou Jeong Kyeong-doo, outros países também continuarão construindo capacidades de defesa para alcançar superioridade estratégica na região.

    "De acordo com o curso principal de sua estratégia Indo-Pacífico, os EUA também devem continuar incentivando os países da região a desempenhar um papel mais importante", destacou o ministro sul-coreano.

    O ministro da Defesa sul-coreano ressaltou que a Rússia também procurará expandir sua influência militar na região da Ásia-Pacífico, reforçando a cooperação com a China.

    Líder da Coreia do Norte, Kim Jong-um, em um programa de notícias na televisão transmitido na Coreia do Sul
    © AP Photo / Ahn Young-joon
    Líder da Coreia do Norte, Kim Jong-um, em um programa de notícias na televisão transmitido na Coreia do Sul

    No início de janeiro, o líder norte-coreano, Kim Jong-un, afirmou que Pyongyang continuaria desenvolvendo e introduzindo em breve novas armas estratégicas e que não cumpriria unilateralmente a proibição dos testes nucleares enquanto os EUA não tomassem medidas.

    Mais:

    Ameaças à estabilidade que marcaram 2019 na Ásia e como a região vai lidar com elas
    Coreia do Sul e EUA treinam invasão de instalações inimigas em meio a tensões com Pyongyang
    Coreia do Sul realiza exercícios militares em ilhas disputadas com Japão
    Tags:
    Kim Jong-un, Patriot, Jeong Kyeong-doo, Coreia do Norte, Coreia do Sul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar