02:04 30 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    9402
    Nos siga no

    O líder norte-coreano Kim Jong-un informou os militares sobre a complexa "situação interna e externa" durante reunião do Comitê Central do Partido dos Trabalhadores da Coreia, informa mídia estatal.

    "Durante a reunião, o líder supremo Kim Jong-un analisou a difícil situação interna e externa e disse que serão tomadas importantes medidas organizacionais, políticas e militares para fortalecer as Forças Armadas do país [...] como exigido pela rápida mudança da situação em um momento crucial para a revolução coreana", relata a agência de notícias oficial norte-coreana KCNA.

    Nos últimos meses, a Coreia do Norte tem oficialmente lembrado  que o prazo dado aos EUA expira no final deste ano, pelo que Washington deve apresentar novas propostas a Pyongyang para resolver a situação na península coreana.

    Presidente dos EUA Donald Trump e líder norte-coreano Kim Jong-un durante encontro na zona demilitarizada, 30 de junho de 2019
    © AP Photo / Susan Walsh
    Presidente dos EUA Donald Trump e líder norte-coreano Kim Jong-un durante encontro na zona demilitarizada, 30 de junho de 2019

    Segundo o Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, o país norte-coreano já se reuniu o bastante com os EUA e, se os americanos não tomarem medidas recíprocas agora, receberão um "presente de Natal".

    Mais:

    Pyongyang adverte Washington: depende dos EUA 'qual será presente de Natal'
    Estariam EUA e Coreia do Norte à beira de nova fase das tensões nucleares?
    Temendo a Coreia do Norte, Pequim, Tóquio e Seul se reúnem na Ásia
    Tags:
    KCNA, tensão na península coreana, medidas de resposta, Kim Jong-un, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar