08:08 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Polícia de Hong Kong usando gás lacrimogênio contra manifestantes

    Manifestantes cercam prédio da Assembleia Legislativa de Hong Kong

    © REUTERS / Tyrone Siu
    Ásia e Oceania
    URL curta
    7213
    Nos siga no

    Uma multidão de manifestantes cercou neste domingo (18) o complexo de edifícios governamentais no distrito de Almirantado, em Hong Kong, segundo informações de um correspondente da Sputnik.

    Os manifestantes ocuparam a ponte em frente aos edifícios, gritavam contra as autoridades e apontavam lasers para a sede da Assembleia Legislativa.

    A polícia ainda não tentou dispersar os manifestantes e o edifício da assembleia está protegido com barreiras de dois metros.

    ​Hong Kong vive desde o dia 9 de junho uma enxurrada de protestos, cujo estopim foi uma lei controversa em que permitia entregar a Taiwan, Macau e China pessoas procuradas pela justiça.

    ​Os críticos dessa medida dizem que ela permite a extradição de pessoas perseguidas políticas pelo governo chinês.

    Após violentas manifestações, o governo de Hong Kong suspendeu a lei, mas se negou a revogar-la por completo e os protestos continuam sendo realizados quase que diariamente.

    Neste domingo, manifestantes se reuniram em um protesto autorizado em Victoria Park e de lá partiram para uma caminhada não autorizada, apesar da proibição da polícia.

    Mais:

    Após confrontos e fechamento, aeroporto de Hong Kong retoma voos
    Governo chinês é capaz de conter protestos em Hong Kong e evitar revolução?
    China concentra veículos militares perto de Hong Kong (VÍDEO)
    Em meio a proibições, Hong Kong se prepara para nova onda de protestos
    Tags:
    manifestação, protestos, Hong Kong
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar