05:27 19 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 70
    Nos siga no

    Mais de dois terços dos postos de gasolina estão sem combustível no Distrito de Colúmbia, nos Estados Unidos, devido ao ataque de hackers ao oleoduto Colonial Pipeline, disse o analista de petróleo sênior da GasBuddy, Patrick De Haan.

    Washington DC é a região mais atingida e com a recuperação mais rápida em termos de número de postos de gasolina sem combustível, pois o mesmo analista relatou nesta segunda-feira (17) que 83% dos postos de gasolina da capital dos EUA estavam sem combustível.

    ​A crise de falta de combustível nos estados do sul dos EUA é resultado do ataque de hackers à Colonial Pipeline, uma importante instalação de transporte de combustível dos EUA no dia 7 de maio.

    O ataque foi atribuído a um grupo desconhecido de hackers supostamente falantes de russo, embora o presidente Joe Biden tenha dito a repórteres na semana passada que não havia evidências de que Moscou estivesse envolvido.

    A empresa Colonial Pipeline teria pagado na sexta-feira passada (7) quase US$ 5 milhões (R$ 26 milhões) para desbloquear seus sistemas de transporte de combustível paralisados pelo vírus cibernético no mesmo dia, segundo informou a revista Bloomberg, citando fontes.

    Mais:

    EUA possuem exército secreto de 60 mil soldados, aumentando forças contra China e Rússia, diz mídia
    EUA e UE pretendem responsabilizar China por 'políticas que distorcem o comércio'
    Colonial Pipeline pagou a hackers para recuperar seu oleoduto após ciberataque, diz mídia
    Tags:
    crise, combustível, energia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar