23:34 18 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    223
    Nos siga no

    Ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump voltou à cena política para criticar a administração de Joe Biden ante a crise migratória na fronteira com o México.

    Em entrevista a Fox News nesta quinta-feira (25), Donald Trump afirmou que, nos abrigos norte-americanos na fronteira com o México, um grande número de crianças vive uma em cima da outra, na miséria", descrevendo isso como uma "situação horrível".

    "Se crianças pequenas estivessem ao menos com os pais, mas, muitas vezes, não estavam. Nós cuidaríamos deles. O que estão fazendo agora é ultrajante. E eles deveriam terminar o muro" assinalou.

    Em outro momento da entrevista, Trump acusou os democratas em Washington de "destruir nosso país". "Eles não podem destruir nosso país. Na fronteira, eles estão fazendo isso", disse Donald Trump.

    O ex-presidente falou sobre o maior fluxo de migrantes sem documentos para os EUA nos últimos 20 anos. A imprensa norte-americana aponta que ao menos 15.000 crianças desacompanhadas foram colocadas sob custódia dos EUA, e cinco mil delas são mantidas em instalações de proteção.

    O ex-presidente avaliou positivamente sua própria política envolvendo a fronteira com o México, enfatizando a construção do muro.

    Por fim, Trump também criticou as recentes negociações no Alasca, entre China e os EUA, classificando-as como "constrangimento absoluto".

    "Ninguém nunca falou com meu grupo dessa maneira, ninguém nunca falou comigo dessa maneira, eu posso te dizer isso", disse ele sobre as trocas de acusações durante o encontro. "Se o fizessem, eu teria dobrado as tarifas".

    "Recebi bilhões e bilhões de dólares da China. Estávamos trazendo negócios de volta. Estava realmente indo bem. E a China nos respeitou. Eles nunca falaram conosco da maneira como falaram [com a equipe de Biden]", concluiu.

    Secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken fala enquanto é observado por Yang Jiechi, diretor do Gabinete da Comissão Central de Relações Exteriores, e Wang Yi, ministro das Relações Exteriores, em encontro no Captain Cook Hotel, em Anchorage, Alasca, em 18 de março de 2021
    © REUTERS / Frederic J. Brown
    Secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken fala enquanto é observado por Yang Jiechi, diretor do Gabinete da Comissão Central de Relações Exteriores, e Wang Yi, ministro das Relações Exteriores, em encontro no Captain Cook Hotel, em Anchorage, Alasca, em 18 de março de 2021

    Mais:

    Casa Branca provoca Trump: todos os ex-presidentes vivos estiveram em campanhas pela vacinação
    'Funciona incrivelmente bem': Trump encoraja aqueles em dúvida a tomarem vacina contra COVID-19
    'Efeito Trump': quem se beneficia com a reforma eleitoral dos EUA?
    Justiça dos EUA acusa homem de ameaçar matar Donald Trump em cartas assustadoras
    Tags:
    migração, imigração ilegal, imigração, Muro México-EUA, muro, México, Donald Trump, EUA, Joe Biden
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar